Chama-se justiça de classe

Daniel, imagina se Jorge Coelho, Armando Vara, Rui Pedro Gonçalves, Vitalino Canas, José Lello, Ricardo Rodrigues, Rui Gonçalves, os manos Penedos, Mário Lino, Santos Ferreira, André Figueiredo ou José Sócrates fossem investigados pela justiça, como qualquer outro cidadão sobre os quais existem suspeitas criminais (e nalguns casos provas)?

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

4 respostas a Chama-se justiça de classe

  1. “justiça de classe” é um oxímoro, ou se preferirem, uma contradição nos próprios termos, em que o segundo invalida a ideia ( ‘defeats the purpose’) do primeiro.
    🙁

  2. ac diz:

    o engracado é q dentro d bpn havia um banco efinsa..d um tal abdul vakil.. Cuja amizade c m.soares é bem conhecida.. O bpn tem tanto d laranja por fora como um enorme roseiral por dentro..

  3. Rui F diz:

    Tiago

    Sabes porque é que nunca fui PC?
    Prefiro o tanque de lavadeiras da terra do mê pai

  4. M. Abrantes diz:

    Que bela equipa de futebol. Até dá para ter suplentes.

Os comentários estão fechados.