Zeca…

Não sou a favor da sacralização e do conservadorismo em redor dos grandes temas. Mas em nome da manutençao da dignidade do património nacional, projectos como Amália Hoje e, mais recentemente, Zeca Sempre deveriam simplesmente ser proibidos. Francamente, é como mijar para o Mosteiro da Batalha…

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

3 Responses to Zeca…

Os comentários estão fechados.