mais banda sonora para hoje e amanhã

Pois é, Nuno, proibem-nos de muita coisa… Eu de cara tapada não gosto muito de andar, mas vão apanhar-me vestida de negro, sim, e prometo ouvir e fazer música. Aqui deixo esta, que também dedico aos senhores assassinos que nos vieram visitar sem termos pedido:

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , . Bookmark the permalink.

3 respostas a mais banda sonora para hoje e amanhã

  1. Leo diz:

    Roubado do Resistir.Info:

    TODOS À MANIFESTAÇÃO DO DIA 20
    LISBOA, MARQUÊS DO POMBAL, 15 HORAS

    Lisboa em estado de sítio, fronteiras encerradas, tráfego aéreo condicionado, trânsito automóvel cortado, circulação de pessoas sob vigilância apertada. Milhares de polícias e de militares colocados em alerta. Dez milhões de euros gastos em medidas de policiamento.

    São estes os primeiros efeitos da cimeira da NATO.

    Foi posta em marcha uma gigantesca campanha de confusão para fazer crer que Lisboa e o país estavam debaixo de ameaças à ordem pública e mesmo de actos terroristas.

    As verdadeiras ameaças vêm, porém, de outro lado.

    Os chefes de Estado e as delegações presentes na cimeira da NATO não são desejados em parte nenhuma do mundo por razões bem palpáveis:
    1999. NATO bombardeia a Jugoslávia (11 semanas): 2 mil mortos e 7 mil feridos.

    2001/2010. EUA e NATO invadem e ocupam o Afeganistão: 20 mil mortos e 49 mil feridos.

    2003/2010. EUA invadem e ocupam o Iraque: 1,3 milhões de mortos e 1,7 milhões de feridos.

    Os mortos no Afeganistão e no Iraque são 434 vezes os mortos norte-americanos no 11 de Setembro de 2001; e 186 vezes as vítimas de todos os ataques terroristas verificados no mundo entre 1993 e 2004.

    Em 2009, os gastos militares dos 28 países da NATO (770 mil milhões de euros) foram 2/3 do total mundial (1155 mil milhões de euros). Previsão para os próximos anos: crescer mais que a economia, apesar da crise.

    EUA e NATO devastaram a Jugoslávia, o Iraque e o Afeganistão. São os grandes responsáveis pela corrida aos armamentos. O seu método é o terror de Estado. Os terroristas estão reunidos no Parque das Nações.

  2. Pingback: Hilfiger sim, NATO nunca. | vida breve

Os comentários estão fechados.