O desporto…

… de matar afegãos!

Via facebook e Público.

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , . Bookmark the permalink.

8 respostas a O desporto…

  1. Não tenho a certeza, mas axo que lá ainda temos tropa (ou Guarda ?? dá no mesmo).

    Nunca ninguém ganhou uma guerra no Afeganistão…

    🙁

  2. Renato Teixeira diz:

    Nunca ninguém ganhou uma guerra no Afeganistão, mas todos parecem insistir em ir para lá fazer “desporto”. Esta notícia deixou-me verdadeiramente enjoado!

  3. antonio diz:

    Foram acusados por quem?

  4. Abilio Rosa diz:

    A guerra do Afeganistão está perdida para o lado dos americanos e dos europeus que afocinharam lá para prestar vassalagem aos ianques.

    Os americanos estão a pagar – e com juros! – toda a confusão que provocaram naquela importantíssima área geo-politica, durante as décadas de oitenta e noventa do século passado.

    Lembram-se do apoio aos talibans e moujhaidines, através da CIA, da hedionda tirania saudita e dos serviços secretos paquistaneses, para atacarem e boicotarem o Exército Vermelho que veio em auxílio dum governo democrático, laico, progressista e num certo sentido pró-ocidental, culturalmente falando?

  5. pelo menos sabemos que a coerência se mantém.

  6. Eduardo S. Rodrigues diz:

    Ainda bem que o pessoal daqui e de outros lados já reparou no caso
    que eu já conhecia desde dia 9 deste mês, via «o tempo das cerejas».

  7. helix diz:

    Porra Sr.Abilio ….como e possivel voce dizer tanta mas tanta merda em tao pouco tempo???? Epa va la ter com os seus amigos enraba cabras que fica em casa…..alias eu acho que eles de quando em vez fazem um “sacrificiozito” e enrabam-no nao???pois voce adora essa gente…..deve ser por isso nao???? deixe estar nao responda …a malta entende a sua “cena”quanto mais enrabado ……….

  8. Abilio Rosa diz:

    Amigo «Helix»:

    Eu sei que para esta geração fazer «sacrificios» é coisa que não gostam de ouvir.

    Pois bem, meu amigo, se nós queremos defender a nossa pátria e a dignidade do nosso povo e dos trabalhadores devemos fazer muitos sacríficios, e isso inclui serviço militar, trabalho, tomar conta da nossa sociedade através das respectivas estruturas politicas, sindicais e associativas.

    Não é sentado numa esplanada, com óculos «dolce&gabana», a bebericar uma bejeca e a mirar as pernas das miúdas que vamos lá….

    Amigo «Helix», cresce e aparece!

Os comentários estão fechados.