Diz quem sabe: Daniel Oliveira ṇo saiu do PCP РDaniel Oliveira foi evacuado pelo PCP


PYONGYANG (Sinceramente, nada sei da Coreia do Norte, mas suponho ser um sítio sem DANIÉIS OLIVEIRAS).

“Saiu do PCP ou foi evacuado pelo PCP? Sejamos rigorosos nas informações que damos!!!”
(De um comentador aqui no 5dias, conhecedor, oportuno e extremamente correcto)

Entretanto, no blogue ético do coiso Oliveira, lemos comentários destes (aprovadíssimos, claro!!):
“Ó comunalha ranhosa, abram os olhos catano !!!”

O que se seguirá? Já não basta o blogue “Delit(r)o”?

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

40 Responses to Diz quem sabe: Daniel Oliveira ṇo saiu do PCP РDaniel Oliveira foi evacuado pelo PCP

  1. Nuno Ramos de Almeida diz:

    Não tinhas mesmo mais nada para postar? Parece-me que pretendes ganhar o prémio do guiness do maior número de posts com o nome do Daniel Oliveira.

  2. Carlos Vidal diz:

    Estou a tentar elaborar uma petição (ou uma subscrição) com o fito de o enviar para uma casa de correcção.
    E agrada-me saber que não há nenhum “Daniel Oliveira” em Pyongyang, tal como em Adis Abeba.

  3. xatoo diz:

    e temos ainda o Metro de Pyongyang, que é quase uma obra de arte tão importante quanto o Metro de Moscovo ou SãoPetersburgo
    http://www.pyongyang-metro.com/metrophotos.html

    Nuno
    para variar, pudemos realmente mudar de assunto para coisas menos incómodas e debater a indústria do holocausto, por exemplo

  4. Nuno Ramos de Almeida diz:

    xatoo,
    tcheee, tcheee, não devias falar comigo, como sou ramos de almeida, é mt provável que seja um antigo judeu. Tens que ter cuidado com as más companhias. Ainda te obrigam a ler o Marx.

  5. Carlos Vidal diz:

    Chegando eu a casa à 1h da madrugada (ou noite ou manhã), o que iria postar, ou pensar para postar? Ó Nuno, há sempre um “Oliveira” à mão.

  6. Nuno Ramos de Almeida diz:

    O que me assusta é que tu chegas muitas vezes depois da 1 hora da manhã. Isto vai ser uma série mais que do Lost.

  7. Ilídio PG diz:

    Subscrevo a pergunta do Nuno Ramos de Almeida. Ainda por cima disparatado, Carlos. O Daniel Oliveira nunca foi do PCP. Apenas militou na JCP.
    Compreendo que a ti, Carlos, que não és militante do PCP, isso possa parecer esquisito, dadas as ideias feitas sobre isto publicamente.
    Outros, bastante mais conhecedores, como o Nuno, quando refrescarem a memória e melhor se informarem, também lá chegarão: o Daniel Oliveira, repito, nunca fez parte do PCP.
    Eu não faço ideia de quem seja o comentador que o Carlos, demasiado precipitadamente, foi buscar, mas desde já garanto que “conhecedor” não é de maneira nenhuma, porque não é possível sair ou ser evacuado de uma organização a que nunca se pertenceu.
    Aliás, para quem conheça bem o PCP, isso é muito nítido nos comentários que o próprio Daniel Oliveira costuma fazer sobre este partido. Denota bem que nunca teve nem o conhecimento nem a experiência directa de nele militar. Na verdade, nem se trata de militar, ou seja, de ter actividade; o Daniel Oliveira nunca chegou sequer a estar inscrito. A militância na JCP é bastante diferente da militância no PCP e só pode amalgamá-las quem ou nunca passou por nenhuma, ou só passou apenas por uma. É o caso do Daniel Oliveira, que foi da JCP, em tempos que há muito tempo já lá vão, mas que nunca foi do PCP.

  8. Carlos Vidal diz:

    Não sei o que é isso.

  9. O mau gosto, a falta de chá, a falta de respeito (e de se dar ao respeito) deste postador ficarão para a história negra de um blogue que já foi bom. O que me espanta mais, confesso, é ver compagnons de route que não partilham nenhum dos defeitos citados a dar pancadinhas nas costas da criatura. O facto de ser compagnon de route não justifica nada, e para mais esta criatura nada acrescenta, nada sabe, exibe um total vazio intelectual que disfarça com chavões pseudo-radicais e citações a metro. Custa-me a ver como pessoas decentes, como o Renato ou o Nuno, alinham nesta exibição de ódio embrulhada em indigência mental. E olhem, não sendo especialmente fã do Daniel Oliveira, é indubitável que a atitude dele é 100 vezes menos sectária e divisora que as que tenho assistido por aqui nos últimos tempos.

  10. Carlos Vidal diz:

    Nuno, ou quem de direito:
    Quem é este ilustre?

  11. Renato Teixeira diz:

    André Carapinha, no segundo elogio que me faz, no seu blogue e aqui, vai parecer mal discordar. A ver se não lhe quebro o encanto.

    Podemos gostar mais ou menos do estilo do Carlos Vidal, mas vislumbro que os seus detractores gostem tanto ou mais de o ler do que muitos dos seus admiradores.

    Dizer que “esta criatura nada acrescenta, nada sabe, exibe um total vazio intelectual que disfarça com chavões pseudo-radicais e citações a metro” é tão longe da realidade que a única interpretação que pode ter é ser sintoma de uma pontinha de inveja…

    Quanto à qualidade perdida do 5dias não posso falar por mim pois frequentava pouco a tasca no tempo do pessimismo, mas o que me chega é que o vinho da tasca piorou mas os petiscos e o ambiente ganharam qualidade.

    Lá está, de qualquer das maneiras dizem que sempre foi uma tasca capaz de embrulhar ódios e amores em alguma inteligência. Saudações.

  12. Carlos Vidal diz:

    Ora, fiquei há pouco a saber quem é o artista A. Carapinha.
    E quero partilhar, é um poeta; cá vai:

    “Mesmo eu preciso
    De deixar de ser para
    Escrever, amar as árvores
    Para ser o ponto, o riso
    O meu ponto obscuro, aqui, ao alcance
    De um qualquer que venha dos macacos
    Não dos outros, os desconhecidos
    Aqui e lá, é sempre como
    Se fôssemos, se pensássemos
    Aqui e lá em Las Vegas
    A roleta
    Não te cases
    Casa-te
    Vomita
    Vomita neles
    Como um nome
    Como uma ideia, feita pela droga
    Abandona-te
    A estes versos escritos pelo demónio
    Limita-te no demónio
    E aos tambores, que ribombam, ribombam
    Violoncemos
    Orquestras”

    Santa paciência, Carapinha deixou link em cima, eu ingenuamente segui-o. Depois, com efeito, isto deve ser partilhado!
    Releiam os últimos versos:

    “Violoncemos
    Orquestras”

    Nunca li nada de aproximável.

    Dito isto, sr. Carapinha, não sei se lhe posso aprovar mais algum comentário.

  13. A pulhice não lhe conhece limites, mas obrigado pela publicidade grátis

  14. Renato, descansado que não sinto ponta de inveja de tal personagem, aliás, devo retirar-me que o ar começa a ficar irrespirável.

  15. Manuel Monteiro diz:

    E já que falamos de poetas:

    COMPROMISSO HISTÓRICO

    só a poesia (ainda que em teoria)
    encena a obra plena:

    pum…pum…
    mata o burguês e não sente remorsos
    nem pena

    pergunta o tribunal:

    não se arrepende de fazer tanto mal?

    ó meretíssimo
    sinto uma sensação esquisita
    mas é grande o prazer
    de despachar um parasita

    Manuel Monteiro

  16. Carlos Vidal diz:

    Sr. Carapinha, a coisa ainda me lateja:

    “Violoncemos
    Orquestras”

    Manuel Monteiro, muito bom; disto gosto:

    “sinto uma sensação esquisita
    mas é grande o prazer
    de despachar um parasita.”

    Dizer tanto em simplicidade desarmante.
    Abraço.

  17. Manuel Monteiro diz:

    Este país está mesmo em baixo
    É o Daniel Oliveira no Expresso
    É o Daniel Oliveira no Record
    É o Daniel Oliveira no Eixo do Mal
    É o Daniel Oliveira na SICNoticias
    É o Daniel Oliveira no Arrastão

    Morra o Oliveira
    Morra
    Pimba e pumba
    Em todo o lado o Daniel abunda

    Tudo o que se diz
    Não deve ser levado
    à letra
    O rapaz é produtivo?
    Deixem
    Para rimar tenho que escrever
    maneta

    Maneta? Uma treta
    Homem de muitos saberes
    É um farol
    A sua ciência
    Vai da politica ao futebol

    Manuel Monteiro

  18. Só um último esclarecimento, antes de me retirar de vez, que da “tasca” exalam cheiros nauseabundos: se estou a publicar os meus poemas é para que eles sejam públicos; nada a apontar, sinta-se livre de os publicar onde lhe apetecer. Claro que publicar só uma parte do poema, que é três ou quatro vezes maior que o que aqui apareceu, já deve ter alguma coisa a ver com a pulhice congénita que o afecta. Também não vou dar importância alguma, é bom de ver, à sua “crítica”, não esperaria que fosse capaz de ter uma opinião fundamentada sobre alguma coisa, e sincera e justa sobre algo escrito por alguém que considera, redutoramente, um adversário. Para isso, teria de conhecer a democracia e o respeito pelo próximo, que, manifestamente, não fazem parte do seu património intelectual. A sua especialidade é o ataque ad hominem. E, não querendo eu supor-me à altura de outros, não entender o recurso poético e estilístico utilizado nos versos que destaca, e que não é nenhuma novidade especial, diz muito dos seus dotes de crítica literária a que eu, naturalmente, não ligo pevas.

  19. sergio diz:

    o carlos tem uma paixão secreta pelo daniel oliveira…
    é a unica explicação

  20. psd da boa-fé diz:

    Onde é que se vendem os livros, cheios de recursos poéticos e estilísticos, do Carapinha? É que eu queria ler aquela jóia de poema até ao fim…

  21. Antonio Cunha diz:

    Comunalha ranhosa é da minha autoria e não me lembro de o autorizar a citar-me.

    E sim, comunistas que tecem loas à Coreia do Norte são Comunalha Ranhosa.

    Em relação ao Daniel Oliveira parece-me que voce apenas tem inveja. só isso.

    Vidal Radical já tens a bandeirinha da República Popular Democrática da Coreia à janela ?

  22. xatoo diz:

    NRA 17 de Junho de 2010, 1:34
    ah, ah, eu tabém sou Pereira, tenho andado a medir geneticamente a penca (com a ajuda do prof. Cláudio Torres) e cheguei à conclusão que devo ser dos poucos mouros oriundos da classe operária que ando por aqui
    calorosas saudações tribais irmão burguês

  23. miguel dias diz:

    Encontraram os restos mortais do Caravaggio, acabei de ouvir na SIC-N.
    Mais vale um Caravaggio morto que um DO vivo, para postar.

  24. Manuel Monteiro diz:

    Estou muito triste
    O meu amigo- ex-inimigo- António Cunha converteu-se ao oliveirismo…
    Manuel Monteiro

  25. Anonimo diz:

    Com Carlos Vidais o PCP deve andar sempre de caganeira…..

    E boa viagem até ao paraiso xuxialista que é a Coreia do Norte.

    Agora parece que o putativo herdeiro do trono , é o genro do actual grande Lider que era filho do velho grande Lider.

    Marx e Lenine devem estar a dar voltas na tumba…..

  26. Carlos Vidal diz:

    Que fique claro, claríssimo:
    – Aprecio imenso o anticomunismo de António Cunha, mas nunca o anticomunismo do futeboleiro Daniel Oliveira.
    Vá escrever sobre o Sporting, coisa que desconheço de todo, e suma-se para Adis Abeba (ou Ababa).
    “Enmerde-se”, digamos, nas suas elucubrações sobre o Sporting e deixe a Coreia a Norte em paz.

    Quanto a apreciar o dito cujo insignificante, apesar do triunfo mediocrata: evidentemente que o admiro, ó caro sérgio, então não é verdade que o homem sabe a fundo de uma coisa que eu pouco sei: tácticas, gestão desportiva, amor à camisola sportinguista, dissecação de futebol… eu sei lá, a propósito de futebol… Já houve aqui no 5dias um génio escriba da matéria, um tal Rogério qualquer coisa Pereira, mais inteligente que o Oliveira (mas com menos sucesso mediático).
    Tenho sempre admiração por esta malta (apesar de os achar aquém do saudoso Alves dos Santos): mais alas menos alas, um trinco a seguir a um ala, o Nuno em lugar do Liedson.
    Se o Oliveira fosse além disto, ó grande arquitecto miguel, não estava eu a matar a cabeça em volta do Caravaggio (homem de uma terra particularmente cara a Scolari), perguntava tudo isso ao Oliveira.

    E quanto a isto está quase tudo dito, os amigos da coisa que me desculpem, mas eu não sou amigo do “Daniel”.
    Prefiro pensar que não existem “Daniéis” em Pyongyang.

  27. FR diz:

    Certamente, lá não há Daniéis Oliveiras. Assim como não há deficientes, que foram “limpos” das ruas em 1989. Para não falar nos cidadãos baixos, que foram chamados para tomar uma vacina que os faria crescer e acabaram por ser enviados para longe de onde viviam e isolados para acabar com seus genes.

    Depois é vê-los com esta chama na alma:

    http://www.youtube.com/watch?v=zkfiTWHxIUA

    Vá lá, Carlos Vidal, você que sabe tanto, atreva-se a escrever sobre “estética e comunismo autoritário coreano”. Esmere-se, pode ser que o CC do PCP lhe pague uma viagem só de ida.

  28. Marta diz:

    A verborreia que para aqui vai. Inveja todos temos, uma vez ou outra, mas vomitá-la assim …
    Também eu me desassociei do PCP mas, o contrário de muitos, não rasguei o cartão. Foi um acto sem revolta, tinha-me “alistado” por pena, para engrossar as massas.
    Curiosamente, quando militei não tive cartão. Confusos?

  29. Antonio Cunha diz:

    Amigo Manuel Monteiro

    Nada contra o Comunismo, tudo contra o Totalitarismo.
    Nada contra o Comunismo, tudo contra a classe dirigente comunista.

    Em relação ao Daniel, é alguem com quem simpatizo nas ideias, tal como você.

    Não fique triste, pois as tristezas não pagam dividas e nós seremos sempre amigos enquanto você quiser.

    Já o Vidal Radical, o comentador que não pensa bem nem mal, a situação é diferente. É o típico exemplo da Comunalha, que se esconde atrás de pseudónimos.

  30. Carlos Vidal diz:

    Ó Cunha, quem é que se esconde atrás de pseudónimos?

  31. Henrique Morais diz:

    Tenho duas palavras para vocês….Ri diculos. Cresçam comunalha ranhosa.

  32. FR diz:

    Vá lá Carlos Vidal, você leu o meu comentário. Faça um post como deve ser – arte, estética, revolução – dedicado ao 35º segundo deste vídeo

    http://www.youtube.com/watch?v=zkfiTWHxIUA

    É pura arte.

  33. xatoo diz:

    “Cresçam comunalha ranhosa”
    infelizmente, por limites naturais fisicos, não poderemos crescer tanto quanto cresce a impressão de notas com valor facial ficticio com que a ideologia neoliberal sionista inundou o tão adorado “mercado” – sem duvida que a ideia de uma sociedade comunitarista pode andar um pouco a flutuar temporariamente pelo meio desta realidade virtual, mas as vacas insufladas que voam, uma vez furadas, acabarão um dia por voltar à terra. Mais tarde ou mais cedo o senso comum da humanidade terá de se obrigar a decidir por uma economia planificada e centralizada. Só que de modo democratizado, nunca por imposição de um poder FASCISTA, por muito que se irritem os seus cães de fila

  34. Antonio Cunha diz:

    xatoo o Zé Mario Branco manda um abraço.

  35. Justiniano diz:

    Ora, caríssimo Xatoo, Vcmcê é, de quando em quando, virtuosamente louco, sublimemente preenchido de avisadíssima loucura. – “não poderemos crescer tanto quanto cresce a impressão de notas com valor facial ficticio”, bem avisado é Vcmcê! Que não o enganam, mas é deixá-los, caro Xatoo, a pensar que a moeda é sempre dinheiro!!
    No meio de tudo isto, caro Xatoo, há um ponto que me intriga. Enganar tolos era um exclusivo de alguns estados, de tolos (especialmente aquelas receitas socialistas que pressupunham que a pressão da oferta era de moeda e que esta seria dinheiro porque sim, porque assim devia ser), mas que agora a tolíce se universalizou!! Porquê, quando me consta que os antigos tolos estão menos tolos!!
    Um bem haja para si,

  36. Renato Teixeira diz:

    Lava a boca António Cunha. A única pessoa à esquerda do PSD que podes citar é o Daniel Oliveira.

  37. Antonio Cunha diz:

    Ultimas noticias:

    4 jogadores da Coreia do Norte estão desaparecidos do estágio na África do Sul.
    Segundo pude apurar 2 estão em casa do Vidal Radical e 2 em casa do Renato.

  38. Grand'Alma diz:

    Com a anacletalha isto bateu no fundo. Passar bem.

  39. Carlos Vidal diz:

    Grand’Alma, sejas lá tu quem fores, a “anacletalha” é infinitamente superior à “oliveiralha”. O arrastado oliveira é um intruso, no BE, no PCP, seja onde for. Aquilo é sobretudo chazada, Ferreira Alves e pouco mais, nada mais.

  40. José diz:

    “ideologia neoliberal sionista”

    lol

    Não, ninguém é anti-semita por aqui!…

Os comentários estão fechados.