Náusea

Acho que devo advertir aos que tenham intestinos sensíveis que não leiam o seguinte post.

* Alguém que não me ligou ao aviso

O primeiro vídeo é de uma TV de ultra direita espanhola. Não penso fazer publicidade mas é famoso o vídeo no qual explicam com toda lógica o motivo da abstinência e oração serem melhores do que os preservativos para combater a SIDA na África: Os pretos não sabem ler e têm garras em lugar de unhas e então rasgam as camisinhas.

O seguinte vídeo são as reacções de um comentador ante as aulas de educação sexual na Catalunha. A mulher da qual fala é uma conselheira do governo catalão:

Tenho que concorda em algo com este sujeito: o estado espanhol é cada vez mais sinistro…

O segundo vídeo está feito por um grupo de actores em Israel.

Precisamente quando imos sabendo mais do acontecido.

Esta gente provoca-me náuseas. Acho que ainda vou ler algo do Almada antes de dormir…

* O gang do lixo está mais activo que nunca.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

4 Responses to Náusea

  1. Antonio Mira diz:

    O que me lembra (nem o link lhes vou dar) ao site que vi o outro dia e no qual mostravam umas fotos de uma pastelaria em Gaza, para desmentir o bloqueio. “Se até têm bolos!!!!”

  2. “Que comam brioche”, dizem que dizia (e, afinal, parece que até nem dizia) a outra…

  3. Antonio Mira diz:

    ACTUALIZAÇÃO!!

    A tal conselheira do governo catalão é a mãe de Carla Nieto, (mmm… resisto-me a dizer actriz… “pessoa que sai em séries adolescente tipo morangos” fazem ideia, não é?

    Quero das os parabéns à política por, pelo menos, ter feito muito bem duas coisas:

    http://www.elperiodicodearagon.com/noticias/noticia.asp?pkid=401074

    Paulo: Eu acho que o problema principal (mas mesmo o problema problema do assunto) é que, como disse alguém, o governo catalão está a roubar uma competência educativa à Igreja Católica. E isso é intromissão, companheiro. Isso é intromissão.

  4. Pingback: cinco dias » (i)nês teotónio pere(i)ra

Os comentários estão fechados.