Manuel Alegre – O Candidato do Governo Pela Esquerda de Confiança (PEC)

O triunvirato está formado como em boa hora aqui foi pré-anunciado. PS e BE vão apoiar Manuel Alegre. Há muito que se vinha anunciando e há muito que os factos no terreno fizeram com que esta unidade deixasse de constituir um escândalo. Até teve direito a despedida de solteiro. Louçã apoiou o dinheiro que Sócrates vai dar para o PEC grego e Alegre apoiou o PEC de Sócrates. Irão naturalmente fazer campanha lado a lado. Vai ser bonito de ver a festa, pá. O PCP podia dar um ar da sua graça, avançando com Carvalho da Silva (o único que será visto como um candidato para ganhar) mas pressinto que é a direita que vai dar o golpe do baú. Se Sócrates não cair até às presidenciais, com o sopro do movimento social, Passos Coelho vai estar pronto para ir a votos logo depois (90 dias no máximo), e as comadres vão ter a primeira crise conjugal com tudo a perder nas partilhas.

Os comícios conjuntos de Alegre, Sócrates e Louçã, serão por diferentes motivos letais para qualquer um dos três. Alegre porque perdeu a independência, Sócrates porque perdeu o partido, Louçã porque perdeu a moral. E tu? Vais votar no candidato do PEC e do Governo?

Arqueologia Política:

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

9 Responses to Manuel Alegre – O Candidato do Governo Pela Esquerda de Confiança (PEC)

Os comentários estão fechados.