Cultura, paz y solidariedad.

É assim como se chama a ONG à qual pertence Manuel Tapial, abordo do Mavi Marmara. Ia com livros e material escolar para as crianças de Gaza.

O blog da iniciativa (onde suponho que irão dando noticias do acontecido), .

De resto, assino todas as petições do Paulo:

“Enquanto cidadão da União Europeia, só vejo uma reacção possível e decente destas duas instãncias:

- Embargo comercial e financeiro ao estado de Israel, incluindo o congelamento de todas as contas bancárias de lá originárias e a suspensão de todos os acordos económicos existentes;

- Suspensão de todos os acordos de circulação de cidadãos israelitas, excepto em caso de asilo e refúgio;

- Embargo militar total ao estado de Israel;

- Proposta de suspensão de Israel da Organização das Nações Unidas.”

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

Uma Resposta a Cultura, paz y solidariedad.

  1. Pingback: cinco dias » Derrotar Israel a toda a linha! Por uma rendição sem condições! Por uma Palestina Laica e Livre!

Os comentários estão fechados