Demissão já! Governo regurgita medidas para especulador ver

O Conselho de Ministros de 27 de Maio aprovou um diploma que visa regular a eliminação de algumas medidas que tinham sido adoptadas transitoriamente no auge da crise económica internacional. São eliminadas: a prorrogação por 6 meses da atribuição do subsídio social de desemprego, a redução do número de dias de trabalho para atribuição deste subsídio, a majoração de 10% do subsídio de desemprego para os agregados desempregados com dependentes a cargo, o alargamento aos escalões 2 a 5 do adicional ao abono de família para despesas de educação, o Programa Qualificação-Emprego, a redução de 3% da taxa social única para micro e pequenas empresas, a requalificação de jovens licenciados em áreas de baixa empregabilidade, e o reforço da linha de crédito bonificada para criação de empresas por desempregados. A eliminação progressiva destas medidas adequa-se à nova fase de evolução da economia portuguesa e inscreve-se nas medidas de redução da despesa pública.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

2 Responses to Demissão já! Governo regurgita medidas para especulador ver

  1. Augusto diz:

    Governo com o apoio do PSD e do CDS nunca é demais frisar isto.

    A esquerda está a cometer um erro crasso, critica e bem o Socrates , mas está a esquecer que outros dois tubarões estão á espreita o PSD e o CDS.

  2. A preparar um novo 28 de Maio?
    Um embusteiro da província ou um coelho à espreita?

Os comentários estão fechados.