I Love North Korea

O João Lisboa, num comentário abaixo, incita-nos a discorrer sobre a seguinte passagem da entrevista de Jerónimo de Sousa à TSF:

– Uma pequena provocação: a Coreia do Norte, que o líder parlamentar do PCP duvida de que não seja uma democracia, é adversária de Portugal no Mundial de futebol num grupo onde está também o Brasil. E a provocação é esta: que dois destes três países gostaria de ver passar à fase seguinte? Deixamos a Costa do Marfim de lado.
– Não faço a escolha entre o Brasil e a Coreia do Norte. Mas gostaria muito de ver Portugal passar, sinceramente, não estou aqui apenas a apelar aos meus sentimentos patrióticos.

РEntre Coreia e Brasil, para si ̩ igual?
– É indiferente. Que Portugal passe é já uma grande notícia.

Eu bem sei que o Brasil é a selecção com mais jogadores do Benfica, matéria que não deverá ser alheia à hesitação do camarada Jerónimo, mas ainda assim, a minha resposta é mais ortodoxa.
Julgo que serei insuspeito de padecer da doença infantil – simpatia pelo regime norte coreano, o que também não me impede de dizer que estarei pela Coreia do Norte (a menos que o Brasil revele um futebol do outro mundo e aí privilegiarei a estética). Que divertido seria que uns jogadores de meio ordenado e muita raça, vencessem a tradicionalmente arrogante selecção canarinha. E que jeito daria à defensiva selecção de Queiroz!

P.S. РF̣s da selec̤̣o da Coreia do Norte no Facebook.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

22 Responses to I Love North Korea

  1. Bruno Peixe diz:

    Não é só contra o Brasil. É de torcer pela Coreia do Norte sobretudo contra a selecção portuguesa.

  2. Augusto diz:

    Pois eu entre as selecções da Coreia do Norte e do Brasil estarei a 100% ao lado da selecção do Brasil.

    Primeiro porque gosto de futebol , e o Brasil tem óptimos jogadores, segundo porque não gosto de ditaduras, mesmo mascaradas de monarquico-socialistas.

    É verdade que o meu Benfica tem muitos jogadores brasileiros, uns piores outros melhores, mas essa situação é comum a todos os clubes portugueses,e até á selecção…

  3. É uma resposta do tipo:
    РGostaria de viver na Su̩cia, Dinamarca ou Coreia do Norte?

    Resposta de JS:

    – Em Portugal.

  4. Olaio diz:

    Entre a Coreia do Norte e o Brasil que ganhe o que tiver melhor futebol e se forem os coreanos… era muito mais engraçado e já agora uma coisa diferente.

  5. FR diz:

    Uns são irmãos de pátria, outros irmãos de luta, não é verdade? Aquilo vai para ali um triunfo proletário, na Coreia…

  6. José Jardim diz:

    O tal de Augusto já torceu pela selecão da Albania nos tempos do Enveroxismo e pela selecção do Kampuchea e Cambodja quando era admirador de Pol Pot.
    Agora que se converteu “ao capitalismo com rosto humano” (Em que parte do mundo é que isso existe?;pergunte-se ao “beato” Louçã.)apoia sem reservas a Selecção Luso-Brasileira.

    É um ” puro” esse tal de augusto.

    Saudações “bluguistas”

  7. i.tavares diz:

    Que Portugal jogue bem,e que seja primeiro.Que o Brasil jogue mal,e que seja o último.

  8. HelderEga diz:

    Estes jogadores até são espigadotes para norte coreanos. Devem ser dos que comem!

  9. Tiago Mota Saraiva diz:

    HelderEga, o que eu não devia perceber é como é que estes jogadores, em criança, se safaram dos pequeno almoços.

  10. pedro bala diz:

    http://www.facebook.com/#!/group.php?gid=355448775112&ref=ts

    Já há grupo de fãs portugueses da Selecção da República Popular Democrática da Coreia no Facebook. Carrega Coreia!

  11. Mas a questão – como, aliás, resultava claro do título do post – não tem nada a ver com o ludopédio. O essencial é o facto de o camarada Jerónimo ignorar o sentir profundo das amplas massas pró-Brasil e, assim, alienar potencialmente milhões de votos que poderiam ir engrossar o poderoso caudal da luta anti-capitalista!…

    🙂

  12. Pois eu, ranzinza do costume que não baixo a cabeça à republiqueta de m…, torço pelo Brasil e Portugal para a segunda fase. Aliás, como as coisas vão tão brilhantemente andando de há umas décadas (já muitas, duas a quatro gerações), talvez seja razoável voltarmos a dar uma vista de olhos no sábio projecto de 1816. esse mesmo: Portugal & Brasil. A Europa já deu o que tinha para dar. Como sou um “preto por dentro e branco por fora” – é o que deu um século de nascimentos familiares em Moçambique -, a Europa nada me diz. Deixa de ser mina por nossa incompetência? paciência. Passemos para uma outra fase. *

    * “Espanhuél? Nó!”

  13. Rui F diz:

    Nossa senhora! 🙂
    Até onde pode chegar o facciosismo POLITICO e a tacanhês.

    Eu já tinha decidido por quem torceria tirando a selecção Portuguesa, mas agora não tenho a mais pequena duvida: EU TE AMO MEU BRASIL.

  14. pedro bala diz:

    Seu Brasil, cara? Prefiro apoiar a Coreia do Norte, pelo menos sei que é um país que pouco ou nada lucra com o negócio sujo do futebol. E tem um dos equipamentos mais bonitos do Mundial (da Umbro). Carrega Coreia!

  15. i.tavares diz:

    Receita urgente,para Portugal ganhar à Coreia.
    “Nacionalização” imediata,de,DiMaria,Saviola e Cardozo
    Jesus,para o banco.
    Vermelhos ao poder já.

  16. HelderEga diz:

    As criancinhas que demonstrem um jeitinho para a bola parece que escapam!

  17. Pingback: Digo já, estou pela Coreia do Norte! « Denúncia Coimbrã

  18. idi na hui diz:

    É impressionanye os dichotes sobre a Coreia do Norte q não tem 800 bases militares no mundo e nem invadiram ninguém.Há os comentadores ’20 milhões’ ou os ‘100 milhões’ de mortos de Staline em barda,defender a ‘democracia’ dos bancos vigaristas e lavadores de dinheiros das mais vastas aplicações,drogas, trabalho escravo,putas.Não é por acaso q as capitais do ópio e da cocaína é aonde estão os gringos……….

  19. Marco Pinto diz:

    Mas isto anda tudo doido?A Coreia do norte é um dos estados mais anti-democráticos e tiranos do mundo.Governado pelo filho dum lunático ditador,que em nada fica a dever ao pai,isto pelos piores motivos possiveis.Como é possível uma pessoa no seu perfeito juízo apoiar este país?Penso mesmo que estados fascistas e ditaduras comunistas deveriam ser banidas de competições internacionais.
    Marco Pinto,Coimbra

Os comentários estão fechados.