o tango dos dois…

é este tango em que nos sentimos hoje, um tango do centrão e da política neo-liberal cega… que nos está a f…

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

4 respostas a o tango dos dois…

  1. antonio diz:

    Upadata p’ra si, meu caro:

    De um gajú que tinha um sogro chato como a potassa e putanheiro e chulo como só ele…

    Só p’ra quem tiver o seu frogiú em dia…

    😉

  2. pvnam diz:

    —> A superclasse mundial (Banca Mundial, Grandes Corporações Multinacionais) tem em vista um Neofeudalismo… consequentemente, fomenta a destruição/dissolução das pátrias, das tradições autóctones, promovendo o nascimento de um mestiço desenraizado e fácil de escravizar…

    —> IDIOTAS ÚTEIS ao serviço da superclasse:
    A ESQUERDA – a Esquerda também apanha boleia no barco da destruição de tudo o que é tradicional… embora o seu objectivo seja outro -> o objectivo da Esquerda é reinventar o homem, o derradeiro homem, um homem novo, aquele que chega ao fim da História.
    O ECONOMISTA IDIOTA – o economista idiota promove aquela que é uma das maiores aldrabices da História -> a promoção do crescimento do PIB à custa do consumo interno e dos empréstimos externos… quando a corrida do crescimento do PIB bater na parede, ou seja, quando a torneira dos empréstimos externos for fechada, já os maiores activos do país terão sido conduzidos para os mega-capitalistas mundiais (e o Estado com elefantes brancos – não rentáveis – nas mãos).
    O IDIOTA SUICIDA – os idiotas suicidas (PNR’s e afins) estão à espera que aqueles [a maioria dos europeus] que não se preocuparam em constituir uma sociedade sustentável (média de 2.1 filhos por mulher), e que andaram a realizar negociatas de lucro fácil à custa de alienígenas , se revoltem…

  3. Bem sei que, à minha volta, tudo enlouqueceu.
    Mas não me peçam que faça alguma coisa, olhem à crise!
    (Será que também já enlouqueci?)

  4. ah diz:

    Os parceiros de “tango” são muitos. Todos. Se assim não fosse já teríamos mudado de VEZ.
    Geralmente, um de cada vez. Conforme os seus interesses, que não do interesse da generalidade da população, o bem comum (!)

    O PCP e o BE “também apanha boleia no barco da destruição de tudo o que é tradicional, embora o seu objectivo seja outro – o objectivo da Esquerda é reinventar o homem, o derradeiro homem, um homem novo, aquele que chega ao fim da História.”

Os comentários estão fechados.