Pornografia na Câmara Municipal de Mirandela

Leio no Público que a professora de Mirandela, Bruna Real, teria um «contrato com remuneração inferior a 500 euros, “a recibos verdes”», e que, José Silvano – o moralista presidente da autarquia, já se teria decidido pela não renovação do seu contrato. Entre os pingos da chuva, surge a notícia descarada de mais um trabalhador precário, com dependência hierárquica, horário e posto de trabalho – um falso recibo verde.
Tantos se chocam com o erotismo da imagem e poucos se incomodam com a pornografia da situação.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

10 Responses to Pornografia na Câmara Municipal de Mirandela

  1. Pingback: Tweets that mention cinco dias » Pornografia na Câmara Municipal de Mirandela -- Topsy.com

  2. Pingback: A Jovem de Mirandela | ma-schamba

Os comentários estão fechados.