De antologia

«Hoje só vi, rapidamente, a SIC, a reportar a partida do Papa do Porto, com o discurso de Cavaco Silva a falar do que todos os portugueses (eu também sou e não me revi no discurso) pensavam de “Sua Santidade”. Depois, a locutora-comentadora dizia que “os portugueses” tinham modificado a sua opinião sobre o Papa, de forma positiva. Como é que sabe? E está a falar em nome de quem?»

(Exma. sra. Irene Pimentel, no Jug dela mesma)

Ora, ora, minha senhora, então Cavaco já não pode falar em nome da biógrafa entusiasta do sr. Cerejeira?? Porquê?? Ou foi antes a biógrafa entusiasta de Zeca Afonso que escreveu o parágrafo acima? Ou é uma coisa e outra, ao mesmo tempo, e mais outra e outra e outra??

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

17 Responses to De antologia

  1. Pingback: Tweets that mention cinco dias » De antologia -- Topsy.com

  2. Pingback: cinco dias » Assim não, Carlos Vidal!

Os comentários estão fechados.