Visado por (i)diotas

Mas podemos ficar descansados. A acção conjunta da ASAE e da SOJORMÉDIA contra o panfleto da Umar não é censura, são negócios! E ainda dizem que a vinda do Papa não foi bom para combater a crise e afiar os lápis.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

5 Responses to Visado por (i)diotas

  1. psd da boa-fé diz:

    Caro Teixeira, terei lido o mesmo que você?:
    “Teresa e Marta fodem na igreja com o bom Jesus” / “Mulheres vao foder com padres” (o que é sem dúvida apropriado com aquela sua de “afiar os lápis”)
    Mas que mau gosto o destas notícias… Que mulheres serao estas? Ex-presidentas do PSD, freiras sex@genárias, amigas do Paulo Jorge Vieira?

  2. Pingback: Tweets that mention cinco dias » Visado por (i)diotas -- Topsy.com

  3. Abilio Rosa diz:

    De facto se a UMAR quer defender os direitos das mulheres não precisa fazer palhaçadas e ofender as suas congéneres e que são crentes.
    Parafraseando o Diácono Remédios «não havia nexecidade…»

    Porque é a UMAR não faz essas palhaçadas com os judeus, os muçulmanos, os evangélicos, os ortodoxos, os indús, os budistas?!!!

    Alguém tem que explicar a essas senhoras que defender e promover politica a favor das mulheres não é rebaixá-las e colocá-las no ridículo da praça pública.

    O Abílio é comunista ortodoxo e não vai nessas relaxações esquerdizoides e apalhaçadas…

    Sorry…

  4. portela menos 1 diz:

    a censura sempre foi muito estúpida e a ASAE depende de um governo estúpido ( não se desse o caso do Grupo Lena, proprietária do jornal i, fazer negócio com a visita do Vaticano)

  5. Tiago Mota Saraiva diz:

    “i diário” e “o diário”?

Os comentários estão fechados.