A anatomia de um vaidoso incompetente

Via João Miranda:

29 de Setembro de 2009
O governador do Banco de Portugal defendeu hoje que qualquer redução de estímulo orçamental não deverá acontecer antes de 2011.

21 de Novembro de 2009
Constâncio rejeita ter defendido aumento de impostos

22 de Janeiro de 2010
“Não há justificação para ir além do congelamento dos salários”

25 de Março de 2010
Parlamento Europeu dá “luz verde” a Vítor Constâncio

6 de Maio
Constâncio “acharia normal” adiamento das grandes obras públicas

6 de Maio de 2010
Constâncio defende medidas de austeridade adicionais para reduzir o défice

7 de Maio de 2010
Constâncio e BCE querem mais consolidação orçamental em Portugal

10 de Maio de 2010
Constâncio pede “novas medidas” para reduzir o défice de “forma convincente”

Acrescento:

14 de Maio de 2010
Vítor Constâncio: aumento dos impostos indirectos era “fácil de prever”

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

6 Responses to A anatomia de um vaidoso incompetente

  1. Pingback: Tweets that mention cinco dias » A anatomia de um vaidoso incompetente -- Topsy.com

Os comentários estão fechados.