Ajudar quem?

O Daniel Oliveira acha impensável o voto do PCP contra o empréstimo da União Europeia à Grécia.
Certamente que o Daniel não leu a tradução de um artigo da Reuters publicada no Esquerda.net no qual se relata a forma como França e Alemanha estão a negociar esta “ajuda” em função da compra de material bélico – entre fragatas e helicópteros de guerra.
O que foi aprovado na Assembleia da República não é uma ajuda ao povo grego, mas sim, uma diminuição dos seus direitos e conquistas sociais.
O governo grego não se comprometeu apenas a comprar material de guerra, comprometeu-se a retirar um século de conquistas sociais congelando salários ou acabando com os 13º e 14º mês.
Esta “ajuda” da UE e FMI, está visto, não é para os trabalhadores.

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.