E, além disso, um feriado é sempre um feriado

Lamento informar a malta mais enervada com a história do feriado do Papa, mas este gajo tem razão: em primeiro lugar, pretender que a visita do Papa de Roma importa tanto como a do Dalai Lama não equivale a defender a laicidade do Estado, ou a igualdade dos vários cultos religiosos: significa ignorar o bom senso e fechar os olhos à realidade social (porque, se todos os cultos, e não cultos, são livres e iguais, felizmente, há uns que têm muito mais expressão social do que outros, e isso é um facto); segundo, o nosso calendário civil já está cheio de feriados religiosos (incluindo feriados religiosos que se tornaram festas ecuménicas, como o Natal), esses feriados correspondem às festas da Igreja maioritária, e ninguém se incomoda muito, ou mesmo nada, com isso. Pela minha parte, apoiaria qualquer iniciativa tendente a tornar feriados, não só a Páscoa católica (e protestante), como ainda a ortodoxa, a Pessach judaica e outras que mais haja; mas isto é um país de caretas e eu quero é emigrar.

Sobre António Figueira

SEXTA | António Figueira
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

23 Respostas a E, além disso, um feriado é sempre um feriado

  1. Justiniano diz:

    Vocemcê não quer é trabalhar!!

  2. lingrinhas diz:

    E ainda por cima não é para todos que mania das das divisões uns a trabalhar e outros a adorarem o encobridor mas vamos ficar todos benzidos.

  3. Pingback: Tweets that mention E, além disso, um feriado é sempre um feriado: Lamento informar a malta mais enervada com a história do feriado do... -- Topsy.com

  4. Abilio Rosa diz:

    O sociólogo Carvalho da Silva também alinhou com o patronato nessa coisa da «produtividade».
    Também apareceu a voz dum tal director duma organização «República e Laicidade».

    O patronato devia era pagar os ordenados em atraso em respeito pela vinda do Papa.

    E esses «republicanos, laicos e sucialistas» deviam ir a pé a Fátima arrependerem-se de terem feito tanto mal ao país e especialmente aos pobres que diariamente são explorados, humilhados e ofendidos.

    O Papa quando visitou Cuba não houve feriado?

    Claro que houve!

  5. Caro António: só compreendo essa tolerância de ponto por razões logísticas e de segurança (circulação das pessoas). Hoje sou convictamente careta: não tenho saúde nem estatuto para grandes moinices.
    Mas arrepia-me toda e qualquer promiscuidade entre o vosso Estado e a minha Igreja.
    Com amizade,

  6. Francesco diz:

    24 Horas milagrosas que transformam o dia seguinte numa derradeira ponte de misericórdia. Afinal é a maior manifestação de fé, os funcionários públicos merecem, e Fátima não tem capacidade para receber mais fiéis.

    http://shop.lostateminor.com/collections/frontpage/products/halotech-watch-virgin

  7. ezequiel diz:

    “O patronato devia era pagar os ordenados em atraso em respeito pela vinda do Papa.”

    lindo. já n me ria assim há muito tempo.

    muito bom.
    LOL

  8. ezequiel diz:

    é possível deportar um Papa?

    LOL

  9. ezequiel diz:

    sr Abilio, por curiosidade: que idade é que o sr tem???

  10. ezequiel diz:

    António,

    feriado, Itália, limoncello&vodka lê o teu Baudelaire e ouve a menina Kimpossible no nuskoolbreaks.co.uk (per favore)

    vais gostar. n é a maluqueira habitual. lol

    abraço

    http://www.nuskoolbreaks.co.uk/forum/index.php

  11. Porra, pá! Esta gente nunca está contente! Tem de arranjar sempre uma coisinha qualquer para implicar…Dasssss

  12. estou capaz de apostar que tem por aqui muita gente funcionário publica, que irá com toda a certeza tirar esses dias par ir ver o Papa.

    Quanto ao resto, discursos de trabalho e luta, não passam de pura demagogia perante este jogar fora de milhões de produtividade.

    Eu, funcionário do privado, se quiser e meter um dia de férias, mas isso sou eu que não sou priviligiado.

  13. LAM diz:

    “O patronato devia era pagar os ordenados em atraso em respeito pela vinda do Papa.”

    vamos lá a ver: estamos a falar de feriados ou de milagres?

  14. Proponho o seguinte:

    a cada visita a Portugal de um chefe de um Estado estrangeiro, tolerância de ponto.

  15. Abilio Rosa diz:

    O Abílio já tem idade de ser pai dalguns muleques que aqui comentam.
    Se alguns estão «escandalizados» com o feriado excepcional concedido pela vinda do Papa, como é o caso do nosso sociólogo que num belo dia de sol veio à baixa apoiar o edil Costa (convertido recentemente ao sipnolismo e mdlpismo…), porque é não trabalham no dia de Natal, na Sexta-Feira Santa, no dia de Nossa Senhora da Assunção ou no Dia de Nossa Senhora da Conceição.

    Alguém vos obriga a não trabalhar nesses dias?

    Se sois laicos ou não sois católicos quem é que vos impede de pegarem muma enxada ou num foicinho, ou ajudarem a vossa mulher ou mãe na lide doméstica?

    Eu já vivi o suficiente para saber e atestar da «ética republicana e socialista» de muito sacripanta que protesta contra a Igreja (muitas vezes justamente) mas quando é para gozar as delícias terrenas concedidas por esta não se fazem rogados.

    O Abílio, topa-vos à distância, seus imberbes…

  16. A. Laurens diz:

    Se tivéssemos tomates, combinavamos uma concentração e iamos vaiar o Papa.

  17. ezequiel diz:

    Papá e A Laurens, (se fosse a ti ia vaiar umas feministas histéricas…o Papa nem reage. é a suma suprema serena santidade. n tem piada nenhuma.) mas a ideia é interessante. o que é que dirias quando vaiasses o senhor ??? o que dirias tu? a igreja reagiu as pedo acusações. implementaram uma estratégia brilhante. citaram um estudo psych, daqueles americanos com notas de roda pé ad infinitum, onde os eminentes doutoris da mente afirmam que o celibato não é a causa dos pedo comportamentos…mas sim a homossexualidade. a comunidade gay insurgiu-se. os tambores da mob frenética tocaram por todo o reino da bicharada. a polémica cientifica está a agitar ambos os campos. tá tudo louco?? parti-me a rir quando um cómico inglês disse isto acerca da dita polémica (que é, per si, absolutamente ridícula) ” Well, priests say that homos are to blame for pedophilia. Yet, it is also true that most of the people I have met that follow the way of the Lord are poofters.” LOL so much for scientific knowledge

    boa noite

    Amen.

  18. ezequiel diz:

    Abilio.

    eu sei q tu me topas à distância.

    és um topador nato

  19. ezequiel diz:

    laurens

    get a fucking girlfriend

  20. Abilio Rosa diz:

    Oh Ezequiel:

    Eu sei do que é que tu gostas….

  21. Fortuna diz:

    Sim Laurens, se tivesses tomates…

Os comentários estão fechados