O santo protector dos pedófilos?

Há muito se sabe que a Igreja Católica preferia acoitar monstros do que enfrentar a verdade em público. As recentes revelações, que implicam directamente Ratzinger num desses casos, são apenas a cereja podre em cima do fétido bolo. As desculpas dos ratos de sacristia, inventando sinistras cabalas e invocando obscenidades como «em qualquer família, não se lava roupa suja em público», já só convencem os fanáticos. Os crentes honestos devem estar a arder no pequeno inferno da vergonha.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

10 Responses to O santo protector dos pedófilos?

  1. Nuno Ramos de Almeida diz:

    O título devia ser: “Afinal não eram os comunistas que comiam as criancinhas”.

  2. Carlos Fernandes diz:

    Ah, afinal descobri que, mesmo se fosse ateu teria de o deixar de ser após ler este post, pois o Luis Rainha é Deus ou pelo menos um profeta, um juiz terrível e julgador, como o prova este post.

    Não sendo adepto particular da tese das cabalas, não deixa de ser estranho eventuais casos ocorridos há dezenas de anos, virem agora, numa estranha e concertada actualidade noticiosa, a lume.
    Agora os padres pedófilos, que se provar inequivocamente que o são, só têm um caminho, rua com eles. Agora, e na devida altura as vítimas não denunciaram os casos e apresentaram queixa na polícia porquê… Já sobre a casa pia e pedofilia noutras instituições, os media perderam, literalmente, o pio…

    Ah, e não é só a ex.apresentador e produtor de tv C.Cruz, não me admirava nada que alguns donos e accionistas de alguns mass.media tambem fossem frequentadores da casa de Elvas.
    Mas destes os media só piam aquilo que esses, os donos, essa casta de intocáveis dos tempos modernos, deixarem piar…

  3. CRF diz:

    O Luís Rainha emprega “Igreja Católica” como Nozick et al usam “Estado”- é má filosofia. Também o Maio de 68 acoitou monstros, e o “método de educação alternativo” , e a Igreja Protestante, e o – mas o melhor é que o Código Penal 2.0 não entre na discussão.
    Devemos açoitá-los, e não acoitá-los,a esses monstros, sim : mas não são de uma tribo diferente da sua.

  4. LR diz:

    carlos,
    estes casos são conhecidos há anos. a profundidade das cumplicidades no vaticano é que só agora vêm à superfície.

  5. José Pinho diz:

    Meu caro
    Apesar do seu tom insultuoso, numa coisa tem razão: eu sou um crente honesto e nesta altura sinto-me envergonhado. Nada justifica o que aconteceu nem que se esconda o que aconteceu.
    Resta-me contribuir para que esta Igreja na qual acredito seja melhor.

  6. Pingback: Tweets that mention cinco dias » O santo protector dos pedófilos? -- Topsy.com

  7. Marco Rocha diz:

    O pior é que os ‘crentes’ não defenderão piamente o Vaticano. Nem duvidarão de toda a obra que impulsiona a Igreja.
    ‘Síndrome Carlos Cruz’. Mas quem é que duvida dos ícones e queridos, no conforto do lar, e na homilia de fim-de-semana?

  8. Orlando Gonçalves diz:

    Assino por baixo. Não tenho de facto provas sobre o que vou afirmar, mas penso ser verdadeiro. Pelo facto de existir o Celibato dentro da igreija, existem dentro da mesma, mais pedófilos do que fora dela. Esta é a minha opinião. E esses homens não estão acima da justiça dos homens, como tal o silenciamento também é cumplice. Este Papa tem culpas no cartório.

  9. Manuel diz:

    Coitados de todos vós quem não enchergam um palmo a frente dos olhos. Isto é só mais uma batalha para o triunfo da barbarie. Já pensaram em subtituir a palavra padre por, por exemplo, professor? jornalista? médico?, advogado? etc. etc. o resultado é o mesmo.

  10. ezequiel diz:

    pedo. ahhrrrr

    disgusting creatures
    bang bang LOL
    🙂

    check this out
    this scot is mad
    break beat is the juice.
    will always be.
    clik on d-load icons below “listen live”
    http://www.nuskoolbreaks.co.uk/forum/index.php

    this dude rocks.

Os comentários estão fechados.