Com 400 heróicas assinaturas, quando é que o sr. oliveira vai entregar isto à Embaixada de Cuba?

“Petição Presos políticos em Cuba

Para:Embaixada de Cuba em Portugal”

(Não se perca sr. oliveira)

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

23 respostas a Com 400 heróicas assinaturas, quando é que o sr. oliveira vai entregar isto à Embaixada de Cuba?

  1. Nuno Ramos de Almeida diz:

    Carlos, bom regresso do exílio. Já cá faltava a referência ao Daniel. Mt bom o post sobre os juizes.

    Abraço

  2. Carlos Vidal diz:

    Estive em Cuba, claro. E deixaram-me regressar.

    (E quanto ao “Daniel” não sei, eu só conheço o sr. oliveira.)

  3. joao diz:

    Obrigado por me recordar! Vou já assinar!

  4. tuga muga diz:

    Por falar em américa latina, não há como arrancar um comentariozito ao Vidal sobre “El chefe” e as suas aventuras politicas de “modernidade revolucionária”. Pelo menos temos uma novela politico-cómica-dramática, reality-show em contínuo … 24 horas por dia … 365 dias … : Uma barrigada de psicopatodespotologia. Um fartote …

    O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou no sábado que assinou um “protocolo de intenção” para “acordo amistoso” com o grupo Casino, administrador da rede de supermercados Éxito, visando evitar a expropriação das suas filiais.

    “Estamos a fazer um arranjo amistoso. Assinámos um protocolo de intenção para chegar a um acordo com os donos do hipermercado Éxito (….) a maioria das ações será nossa”, disse Hugo Chávez durante uma reunião do Conselho de Ministros, transmitida pela televisão estatal venezuelana.

    Segundo Hugo Chávez, o governo ficará detentor de 80 por cento da rede de supermercados.

    O grupo Casino tinha 67,1 por cento do capital da Cativen, filial que administrava seis hipermercados Éxito, 35 supermercados Cada e oito centros de distribuição de alimentos.

    A 17 de janeiro último, Hugo Chavez ordenou a expropriação da cadeia de supermercados franco-colombianos Êxito (grupo Casino), acusada de inflacionar preços com fins especulativos após a desvalorização da moeda local.

    “A cadeia Éxito passa para o controlo da República, devido a numerosas infrações às leis venezuelanas”, afirmou Hugo Chávez no seu programa semanal de televisão “Alô Presidente”.

    A rede de hipermercados Éxito pertence à empresa Cativen, acionista do grupo francês Casino que administra também a rede de supermercados Cada e de lojas Q’Preços.

    Hugo Chávez, que chegou ao poder em 1999, já expropriou desde 2007 várias empresas venezuelanas e estrangeiras, no âmbito da sua política de nacionalizações de sectores estratégicos como o petróleo, eletricidade, telecomunicações, siderurgia, cimento e bancos.

  5. xatoo diz:

    bom regresso!
    abaixo de oliveira nem a imprensa imperialista faz melhor na sua sanha para abarbatar o imobilizado propriedade social de Cuba e produzir mais uma bolhinha especulativa
    Agora foi a Newsweek que viu o Lula a tirar uma fotografia na visita ao Fidel e viu nisso nada mais nada menos que “Fidel Castro Is Back in Charge” – estes “humanistas” não são tão tenrinhos?
    http://www.newsweek.com/id/234446

  6. LGF Lizard diz:

    E a tal petição serve para alguma coisa? Ou acham que a ditadura comunista cubana desaparece só por causa de uma simples petição?

  7. Renato Teixeira diz:

    Efectivamente… bom regresso! Também eu tenho aqui dois ou três abaixo-assinados. Um para colocar canteiros na minha freguesia (530 assinaturas), outro contra a candidatura do Alegre (1830 assinaturas) e ainda um para enviar o Paulo Bento para o Sporting de novo… Depois manda daí os mapas para também eu não me perder. Alguma sugestão para as cerimónias? Um cocktail mais clássico ou um brunch modernaço? Hesito…

  8. Manuel diz:

    LFG Lizard

    Estive lá há dois anos e não vi nenhuma ditadura comunista.
    Também já estive há 7 anos no Equador e não vi nenhuma ditadura comunista. Vi sim muita fome, pobreza e miséria.

    Não vi nem fome, nem pobreza, nem miséria em Cuba. Poderia ser mais desenvolvida? Podia, mas ainda assim está algumas décadas à frente de qualquer outro país da América Latina. E com um bloqueio.

  9. Helena Costa diz:

    É que o Sr. Castro vai já mudar a sua política por causa do Sr. Oliveira e da sua petição. É que é já a seguir.

  10. Antónimo diz:

    Pois é Tuga Muga, Na mouche. O que irrita com Chavez é que nacionaliza, não é mais nada. Uribe mata e mata bem (centenas e centenas por ano – um genocídio colombiano com décadas), prepara-se para aumentar o número de mandatos mas ninguém abre a boca nem noticia. Porque será?

  11. LGF Lizard diz:

    Manuel

    Nos hotéis e praias de Cuba não se vê nenhuma ditadura…
    Mas a existência de censura, prisioneiros políticos, sistemas de partidos únicos são provas inequívocas da existência de uma ditadura. Mas, como é evidente, só dá por ela quem quer. Quem não quer, fecha os olhos e finge não ver. É fácil….

  12. Vivemos no atoleiro, lutamos contra os soldados do príncipe, que se esforçam constantemente por raptar Fiona, e de vez em quando damos um salto ao Reino do Muito, Muito Longe, para escandalizar amigos e desconhecidos. Deslarga os rapazes, dedica mais atenção aos pagantes e agências d’image do front ps.

  13. Carlos Vidal diz:

    Renato,
    Para celebrar a entrega de assinaturas (sei de fonte segura que chegarão às 10 000 000, os habitantes de Portugal) na embaixada de Cuba e para derrubar Fidel em nome dos “direitos humanos”, temos de ajudar o sr. oliveira a encontrar um bom restaurante (a sra. Ferreira Alves também vai e exige sempre um restaurante especial, não forçosamente no Cairo ou Alexandria, mas…), um bom restaurante, dizia, mas de esquerda. Sim, porque o sr. oliveira é de esquerda!
    Para o sr. oliveira não há clássico nem moderno, apenas esquerda.

    De resto, tens boas petições em mãos; para realizar a democracia oliveiresca temos de conceber mais vinte petições sobre outros tantos temas. Estou a trabalhar nisso.

    Helena Costa,
    Depois de conhecer a “petição oliveira”, Fidel arrrependeu-se de tudo o que fez e transferirá, a pedido do sr. oliveira, a sede do seu governo para Miami Beach.

  14. Libertario diz:

    Acabem com o bloqueio, depois vão ver os resultados. Se com esse criminoso apartheid económico Cuba já deixou a milhas muitos países desenvolvidos no que toca ao ensino, serviços de saúde, cultura. Imagine-se liberta desse monstro que lhe tem sufocado a economia durante meio século.
    Bom; estes hodiernos “democratas” são tão míopes que não conseguem ver isso.
    Convido-os a circularem com as mesma segurança e tranquilidade por qualquer lugar da América Latina, ou cidade dos EUA como o fazem nos locais mais recônditos de Cuba.

    Com a absoluta carência de mártires a contra revolução, por falta de escrúpulos elegeu um preso de delito comum como herói.
    Embora submetida às mais penosas dificuldades por falta de recursos, ninguém morre de fome nem de enfermidades curáveis em Cuba, não há desaparecidos nem nunca foram encontrados corpos mutilados em lixeiras.
    Surgiu o acontecimento desejado, os abutres já estavam à espera. Alguns meios de comunicação social, os mercenários das traseiras e a direita Internacional, pousados em torno do cadáver, começaram a emitir os seus grunhidos anunciando o festim.

    Banquete nojento!
    Porque os que escrevam isto e lançam estas petições, não se condoem com o sofrimento ou a morte de um ser humano.

  15. paulo diz:

    mete nojo
    um homem morre a lutar pela democracia e voces gozam?
    ou a vida de um anticastrista tem menos valor?

  16. Carlos Vidal diz:

    caríssimo paulo,
    quando li, no seu comentário, “um homem morre a lutar pela democracia”, julguei que estava a gozar com o sr. oliveira. Mas não, estava mesmo a sério.

  17. paulo diz:

    estou-me a borrifar para o sr oliveira……
    agora ver uma pessoa a morrer à fome porque foi condenada por delito de expressão
    isso incomoda-me
    se a si não tudo bem…

  18. Carlos Vidal diz:

    caro paulo,
    Não sei se delito de expessão é o termo mais correcto. Há quem garanta não se tratar disso. Agora há uma “nova” imagem que persiste: um tal Farinas aparece todos os dias, mas mesmo todos os dias, nas nossas televisões proclamando a sua greve de fome em Cuba e desde Cuba. E por isso filtros censórios em Cuba sou obrigado a concluir não ver nenhuns, nada de significativo, portanto. E não mais do que, por cá, com o desaparecimento do Jornal Nacional da TVI (esse sim, apagado literalmente). Se há em Cuba delito de expressão não sei, ou por outra, não há. Logo, veja os telejornais, e verá imagens do sr. Farinas outra vez, imagens cubanas e de outras televisões.

  19. zé do boné diz:

    A informação ou a falta dela…é uma coisa terrível!

    E quando se crê também!
    Eu por exemplo acredito na Nossa Senhora de Fátima e nos três pastorinhos.

  20. zé do boné diz:

    -Acreditei e acredito piamente -Que cuba foi o único pais que não prestou ajuda aos desgraçados de Haiti . -Muito embora haja quem diga que no Haiti o maior contingente de pessoal médico foi e é cubano consta que são perto de quatrocentos.
    Mas eu não acredito!
    -Eu só acredito no que diz o $enhor, o $enhor é o meu guia e salvador o $enhor é a minha luz ….

  21. não se diz “apagado”, neste consulado passou a dizer-se “solucionado”.
    e os apologistas da monarquia galega nas caraíbas?

  22. Libertario diz:

    Oh Paulo mas quem não deve incomodar-se com a perda de uma vida? Se for de forma trágica não deixa de ser mais revoltante! No entanto há que primeiro analisar as circunstancias e depois reagir.
    Já que o incomodam tanto este tipo de injustiças e estas prepotências.
    Por favor pesquise na Google isto; “Dulce Pontes-Balada de Sacco & Vanzetti” com uma actuação maravilhosa na Academia de Santa Cecília em Roma.
    Ou “Joan Baez-The ballad of Sacco&Vanzetti” de Ennio Morricone.

    Tenho quase todas as certezas que o Senhor ignora por completo que estes também foram mártires.

Os comentários estão fechados.