O que quer o BE?

Estava eu a passear pelo Arrastão e dou de caras com isto! Como está um primor este velho compagnon de route. E que bem que fala, sim senhor. Aquele movimento discreto mas ao mesmo tempo convicto com que toca, ao de leve, no microfone. Até parecer estar mais à vontade do que o Manuel Alegre, que treinou a coisa tantos anos…

Passada a emoção de ver alguém que costumava ser mais conhecido por palestras organizativas do que por grandiosas elaborações políticas, não pude deixar de reparar no que disse. Ilha da quê? Corrupto da onde?
Mas não são estes senhores que andaram a defender os milhões do Alberto João Jardim e que ainda há pouco tempo deixavam elogiosos comentários ao capitalismo escandinavo? Falam, falam…

Como eu sou um bocado limitado nisto de criar (de criar… não de perceber, note-se) pontes com o Partido Socialista vejo que só me resta isto:

Logo se percebe tudo.

Cheire o leitor também… vai ver que fica mais fácil.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

16 Responses to O que quer o BE?

Os comentários estão fechados.