Extra! Extra!

Nenhum dos meus agentes em Portugal (gente noctívaga) conseguiu até agora encontrar o Sol. Parece que há uma edição extra esta tarde, mas já deve haver fila nos quiosques e eu preferia a primeira edição (coisa de coleccionadora). Seja, já estou por tudo: fotocópias, manuscrito de monges copistas, exemplares d’occasion… Ou PDFs (aqui – descobertos numa caixa de comentários do 31 da Armada).

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

7 Responses to Extra! Extra!

  1. Siryus Lee diz:

    Sol (e com fartura)http://unexpectthespanishinquisition.blogspot.com/2010/02/mesmo-num-pais-que-parece-um-esgoto-o.html

  2. LAM diz:

    o PDF não dá nada. Acho q foi alvo de providência cautelar.

  3. António Figueira diz:

    Morgada querida,
    Encontrei um exemplar da 1ª edição de hoje (a propriamente dita), segue amanhã no primeiro correio!

  4. Agente Figueira, you rule!

    LAM, temo bem que seja o caso, funcionava perfeitamente hoje à tarde.

  5. Helder diz:

    Eu tenho um exemplar de cada cá em casa, amanhã a famelga vem cá almoçar e não sei como lhes contar.
    Na volta digo que é para trocar por droga ou para embrulhar um cadáver, tudo menos dizer que dei dinheiro ao saraiva.
    Ou então ofereço a quem prometer cuidar deles…

  6. Pingback: cinco dias » Escrita em dia

  7. Pingback: O Sol quando nasce não é para todos | Aventar

Os comentários estão fechados.