Compagnons de route

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

15 respostas a Compagnons de route

  1. obrigados diz:

    Não metia aí o Francisco Louçã,mas não tenho dúvidas nenhumas em pôr o Daniel Oliveira.Eis um aparatchick desejoso de ‘trabalhar’ para o bem público quanto os ´sucias’ vara de porcos e outras pessoas nojentas.PSDs,não ficais contentes,pq vós sois mais um bando com os loureiros e aquela gente de excelência do presidente-o oliveiras costas e restantes criminosos!!

  2. Renato Teixeira diz:

    Era para estar mas ficaria terrível ter a cara do DO duas vezes no script do 5dias. Brincadeira. Na verdade no BE o DO influencia mas nada decide. Já o FL tem direito de veto e direito de birra em quase todas as matérias. De resto, sobre Alegre, foi o primeiro a saltar para os microfones na TV para decretar o apoio do BE. DO fala por si e por um sector do BE (certo, cada vez mais engajado com a direcção) mas FL fala por toda a gente… Percebe o critério?

  3. faltava ali um pina moura também.

    ou então um quadro novo para o jerónimo ladeado pelos castro, kim jong il, Chavez, ahminejad ou Hu Jintao

    entretanto, mais um candidato comunista para fazer birra, mais um sapo a engolir à 2ª volta (se houver) e desta vez com uns valentes munelhos de pêlos de barba.

    tudo isto para dizer que é um bocado exagerada a comparação. o ódio ao DO faz destas coisas, mas não se deixem cegar por quem tanto detestam.

    se há eleições em que as frentes de esquerda são viáveis, essas sãoas presidenciais e logo contra cavaco.

    alegre é o que é, e talvez o BE se tenha precipitado. mas quem melhor?

  4. E depois vem uma com Cavaco, Paulo Portas e tu próprio, todos juntos a marchar? Se é para ser básico, leva a coisa até ao fim.

  5. Renato Teixeira diz:

    Viseu Esquerda, nenhum ódio me move contra o DO. Apenas o combate político.
    Quanto a frentes de esquerda até que as poderia engolir em circunstâncias muito específicas. Ainda assim, para o fazer, a frente tem que pelo menos ser de esquerda para depois pensar no contexto específico. Um melhor que Alegre? Qualquer um que não apoie este governo.

  6. Renato Teixeira diz:

    Daniel… que abnegação. Eu não estou em campanha nem com Cavaco nem com Paulo Portas. Já tu estás em campanha com o Jorge Coelho, o Sócrates e o Alegre (ou seja, com este Governo). É básico? Pois é!

  7. Sérgio Pinto diz:

    Bem, Renato, imagino que faça um post com a sua fotografia e a malta do ‘insurgente’ se decidir à tal manifestação. Básico, não é?

  8. margarida diz:

    acho que estao um pouco loucos,por favor nao abusem da saude mental de cada qual

  9. Se não é ódio, apenas combate político, então para quê a cada vez mais óbvia fulanização do debate, o aproveitamento de toda e qualquer questão para arranjar um ponto de discórdia, mesmo que infimo (não é este o caso); e o cheiro a azedume em cada post?

    todos menos alegre, mas quem? O grande latifundiário carvalhas?

  10. carlos graça diz:

    Falta aí também a foto daquele espécimem que dá pelo nome de Alexandrino, para quem “Acreditar não é Saber!” … 🙂

  11. Renato Teixeira diz:

    Sérgio Pinto, distingue uma manifestação, um abaixo-assinado de uma campanha eleitoral conjunta?

    Margarida, concordo consigo. Este quarteto num comício roça a demência…. mas é o que temos.

    Viseu Esquerda, parti de um comentário colocado pelo DO num post do Carlos Vidal e de um conjunto de textos onde alguns autores do Arrastão e do 5dias têm trocado algumas ideias. Portanto sim: combate político e não qualquer tipo de ódio.

    Eu não disse todos menos Alegre. Disse: todos menos um candidato do governo. Até poderia ser Alegre mas como já se viu ele não fará nada para se demarcar do Governo nem para o enfrentar. Poderia ser Alegre se ele quisesse de facto acrescentar esquerda à esquerda. A culpa de ele apenas querer a esquerda para se acrescentar a si é uma culpa que só a Alegre deve ser imputada.

    Carlos Graça, faltam muitos mais aqui… darão à costa nos próximos meses.

  12. Nuno Ramos de Almeida diz:

    Eu acho que o Louçã não cabe nesse grupo. E que é, como de costume, sectarismo teu. Mesmo que o Louçã acabe por apoiar o Alegre/do Alegre em vez do “Alegre” escolhido pelo Soares, numa eleição a que talvez vá o Gama apoiado pelo Sócrates, o Louçã é mt melhor do que eles todos.

  13. Renato Teixeira diz:

    ahhahahhahahah… Adoro as tuas ironias Nuno… adoro! 🙂
    Caso não tenha sido uma ironia, que fique claro… o post não era sobre o facto de uns serem piores que outros, era sobre o facto de todos irem dar a mesma batalha, apoiando, defendendo e militando pelo mesmo candidato presidencial.

  14. Pingback: cinco dias » Ardinas do Governo

  15. João diz:

    Cada um escolhe as suas trincheiras.

Os comentários estão fechados.