Vão-se lixar (com Liu Xiaobo: porque sim:)

(RODNEY KING)

Parafraseando Ferro Rodrigues (um homem por quem eu, politicamente, não tenho nem respeito nem consideração), estou-me cagando para o futuro ou destino das ideias do dissidente Liu Xiaobo, a quem fica bem prestar toda a solidariedade nas praças de Lisboa, Paris, Melbourne… Note-se: a pessoa Liu Xiaobo preocupa-me (11 anos de prisão são uma vida, seja por que razão for), mas as suas ideias merda. Para a China desejo: nem social-capitalismo (hoje) nem social-democracia ou capitalismo / parlamentarismo “amansador” (futuro? Espero que não). O desejo irruptivo emancipador tem de passar por outro lado. Quanto à “jugulice” e cia., façam vigílias que só vos fica bem. Muito bem mesmo.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

9 Responses to Vão-se lixar (com Liu Xiaobo: porque sim:)

Os comentários estão fechados.