Que a crise nos valha!

O The Guardian publica o Top-10 dos edifícios da década (via odesproposito).
Na maior parte da dezena de exemplos, este é o Top-10 dos países ricos, da arquitectura que vive da especulação e da imagem, da grande escala sem aspiração de transformação, no fundo, de gente que ainda não percebeu que a arquitectura serve, em primeira instância, para melhorar a vida das pessoas.

Documentary of Quinta Monroy Project in Iquique, Chile from elementalchile on Vimeo.

Processos de transformação social a partir da arquitectura (veja-se, por exemplo, este documentário) ficam fora destes tops mas são o futuro de uma outra arquitectura, de facto, mais sustentável.

(também publicado aqui)

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

4 Responses to Que a crise nos valha!

  1. Raul diz:

    Não podia estar mais de acordo. O documentário é muito interessante.
    Aliás, no Chile, estão-se a passar neste momento coisas interessantes no que concerne à Arquitectura.

  2. am diz:

    é um top preguiçoso e chauvinista
    em que até a obra do ito é o pavilhão da serpentine…
    no contexto da tua posta é capaz de valer a pena chamar a atenção para http://odesproposito.blogspot.com/2008/04/escalerologia_30.html
    abraço

  3. Tiago Mota Saraiva diz:

    am, não conhecia, mas parece muito bom. Vou ler com atenção.

  4. João diz:

    A propósito, é interessante ver e comparar com:

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Continuar_a_Viver

    ou os Índios da Meia Praia

Os comentários estão fechados.