Muros

Faz 20 anos que caiu o Muro de Berlim (restam alguns troços que podem ainda ser vistos). Mas é importante recordar que existem outros muros. A BBC tem um apanhado de alguns. Reproduzo aqui apenas alguns:

Muro na Cisjordância

Muro na Cisjordância

Irlanda do Norte

Irlanda do Norte

Chipre

Chipre

Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

EUA-México

EUA-México

Marrocos-República Árabe Saaraui Democrática

Marrocos-República Árabe Saaraui Democrática

Sobre André Levy

Sou bolseiro de pós-doutoramento em Biologia Evolutiva na Unidade de Investigação em Eco-Etologia do Instituto Superior de Psicologia Aplicada, em Lisboa
Este artigo foi publicado em André Levy. Bookmark o permalink.

12 respostas a Muros

  1. José Raul caires diz:

    Ainda há muitos muros por cair.

  2. Não serão muros,são tapumes…

  3. Bernardo Sardinha diz:

    E há também por derrubar os muros feitos de navios armados, de aeronaves de vigilância; os muros feitos de preconceitos raciais, religiosos e de casta; os muros da ignorância e da pobreza. Muita água há-de passar (cada vez menos) debaixo dos rios, antes que se derrubem todos os muros que dividem a humanidade

  4. jesus diz:

    nO MURRO DE bERLIM FORAM MORTAS duzentas e tal pessoas.No do EUA México,só foram mortas 5 600 pessoas,donde se conclui que os EUA são um regime supertotalitário,assassino.Aliás,basta ver pelo mundo fora com as 820 bases em países estrangeiros.Mas,quem é que estava a falar do imperio soviético e,….?Ah!havia o Império Soviético,o dos EUA é que NÃO EXISTE,pois então.

  5. Luis diz:

    Os muros piores ainda são os legais. Por exemplo o que proíbe, há quase 50 anos, qualquer norte-americano de viajar até Havana. Mas os mais odiosos são os que servem para roubar terras, água e recursos naturais. E o muro do Apartheid construído por Israel em terras palestinianas (chega a entrar 22 km terra palestiniana dentro) terá, quando completado 721 km de comprido e 9 metros de altura e a sua construção continua em curso mesmo apesar de ter sido condenado pelo TPI e pela Assembleia geral da ONU. A propósito, o de Berlim nunca sequer foi alvo de qualquer tentativa de condenação pois era uma barreira de separação de fronteiras inteiramente construída em solo da RDA. E tinha 160 km de comprido e cerca de 3 mt de altura.

  6. Jose Manuel Vieira diz:

    E o muro opaco da nossa justiça ?

  7. Bernardo Sardinha diz:

    Quando eu era um puto ranhoso, saltava os muros dos quintais para roubar fruta.
    É preciso que todos os ranhosos deste Mundo façam o mesmo.

  8. A.Laurens diz:

    Falta um muro. Um muro sem muro – o muro da vergonha.

  9. Luis diz:

    Mas em contrapartida temos muros gigantescos de ignorância. E de absoluto descaramento, ou melhor do descaramento absoluto. De quem adora pregar sem ter qualquer autoridade.

  10. Mexilhão diz:

    Os muros, além de inestéticos, são maus. Mas falta aí o muro mais falado nos últimos tempos, aquele que foi construído para impedir a fuga dos nacionais e não entrada dos estrangeiros. Vá, corrige o leque das fotos e faz uma referênciazinha a esta característica fundamental.

  11. Luis diz:

    Mas esse não caiu, Mexilhão, essa fronteira foi legalmente aberta pelas autoridades legais. E depois foi demolido por desnecessário.

  12. Mexilhão diz:

    Pàzinho, Luís.
    Esse não caiu, dizes tu, e é facto, porque era sólido; foi derrubado pelos povos, ao arrepio das “autoridades legais”. Mas o essencial, que o distingue de todos os outros – ter sido erguido para impedir que muitos nacionais fugissem do país – não te consegue fazer uma comichãozinha nos neurónios? Nem um leve formigueiro?
    Estás mesmo apanhado de todo. Não te trates, não.

Os comentários estão fechados.