Estou um dia atrasado, mas apeteceu-me

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

15 respostas a Estou um dia atrasado, mas apeteceu-me

  1. Fuck it all diz:

    http://www.youtube.com/watch?v=SuLWRAq-Kuk

    Ponha la este pra juntar a festa…

  2. jesus diz:

    Ochem raraxo,tovarish!

  3. i.tavares diz:

    …porque tenho nas mãos,o martelo e a foice,do meu passaporte soviético…

  4. ezequiel diz:

    Estás atrasado duas décadas. 🙂

  5. ezequiel diz:

    “how many of you?? wanna feel the flow!! we’ll be living in the urban jungle” (+ minuto 16 depois é só vavavoom…)

    http://www.samurai.fm/player/index.php?id=766

  6. – Milhares de portugueses com saudades da URSS. É curioso que este saudosismo, parecia ultrapassado ( 94/2000) no PCP, afinal estava bem escondido!

  7. Pedro Penilo diz:

    E mesmo um dia mais tarde, gostei de ouvi-lo…
    Um abraço

  8. Carlos Marques diz:

    Nuno, não me diga que está saudosista 🙂 !

  9. Pedro Penilo diz:

    Saudosismo, o tanas! É um hino, um belo hino; existe; faz parte das nossas vidas.

  10. Obrigado, Nuno Ramos de Almeida. Por instantes, recuei aos tempos da minha juventude coimbrã, ao rádio velhinho da República em que o ouvíamos bem baixinho.
    Não é saudosismo, é memória!

  11. Augusto diz:

    O saudosismo acritico, é tão perigoso, como o apoio declarado.

    Porque será, que muitos destes saudosistas dos regimes pseudo-socialistas que existiram na Europa de Leste, utilizam argumentos, defendidos tambem , pelos saudosistas da ditadura salazarenta…..

  12. Amadeu diz:

    Que nojo… O próximo vídeo será para «recordar» o Deutschland Über Alles?

  13. Chatos do Caraças diz:

    Nuno Ramos de Almeida, faça lá um favor a toda esta gente que está para aqui a atirar petardos e diga lá o que é que se celebra (celebrou) nesse 7 de Novembro (25 de Outubro no calendário juliano) a que o seu post faz referência. Tá o pessoal ali ao lado a festejar o “Assalto ao Palácio de Inverno”, não havia ainda URSS, e já está para aqui esta cambada de desmancha prazeres com a conversa do saudosismo. Francamente…

    P.S: O Nuno também é mauzinho tinha que postar o Hino (lindíssimo diga-se) da URSS quando lhe podia ter apetecido a… “A Internacional”, sei lá.

  14. Algarviu diz:

    Foi recuperado como hino (actual) da Federação Russa. A choldra que governa a Russia ainda usufrui da educalção musical que em tempos teve.

  15. Nuno Ramos de Almeida diz:

    Sim, é verdade o hino da URSS é posterior à revolução de Outubro, na altura , o primeiro hino soviético adaptado foi a Internacional.
    Estou a pensar postar o hino da RDA, em vez do Deutschland Über Alles.Tem a vantagem de ser muito mais bonito e o compositor ser excelente (Hanns Eisler). E sempre diz: “Que os arrados e fábricas,
    Estejam em nosso poder, pois nunca os tivemos.
    E esse poder nos sejam confiados
    para iniciar um novo caminho”.

Os comentários estão fechados.