Que a selva imobiliária nos proteja destes artistas

Poucos dias antes do início do Euro 2004 apostei com um colega de profissão quando e qual seria o primeiro estádio do Euro a vir abaixo. Na altura, estava firmemente convencido que o monstro que surgira em Leiria teria os dias contados, não lhe dando 10 anos de vida. O Estádio nunca foi concluído e custa milhões de euros ao erário público, mas o que é isso comparado com o ego dos iluminados que dominam a gestão do território e do país há umas boas décadas?
Na minha aposta, não contava com o bom senso de Sócrates, Damascenos, e afins visionários do pogresso licenciados em fazer obra, mas com a pressão imobiliário sobre aquele pedaço da cidade.
Contudo parece que o Estádio de Aveiro ainda vem abaixo primeiro.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

14 Responses to Que a selva imobiliária nos proteja destes artistas

  1. Pingback: cinco dias » Foi você que pediu 10 estádios de futebol?

Os comentários estão fechados.