Boomerang

Em fim de campanha, não resisto a fazer um post a la Simplex. Reza assim: não deixa de ser divertido que, uma vez eliminada a hipótese de uma vitória do PSD, e colocando-se a hipótese de uma nova maioria absoluta Sócrates, o voto “útil” à esquerda acabe por ser o voto no PCP e no BE,  a fim de impedir a maioria absoluta e de criar condições para um governo Sócrates um pouquinho mais à esquerda.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

9 respostas a Boomerang

  1. viana diz:

    Genricamente, parece-me claro que quanto maior fôr a precepção de que o PS vai ganhar certas eleições, mais votos vai perder para BE e CDU (que poderiam ir para o PS de modo a impedir uma vitória do PSD), e mais votos vai ganhar do PSD (interessados em impedir que o PS passe a depender do BE e/ou CDU para governar). No entanto, nestas eleições em particular, acho que o PS perderá mais votos do que ganhará se a percepção mais comum fôr a de que o PS vai ter (claramente) mais votos do que o PSD. Isto porque parece-me haver muito mais ansiedade na sociedade portuguesa, muito mais medo, duma nova maioria absoluta de Sócrates, do que numa eventual influência do BE e/ou CDU na governação. Ou dito doutra forma, acho que há muitos mais potenciais eleitores do PS que não querem que Sócrates tenha uma nova maioria absoluta do que potenciais eleitores do PSD assustados com o “papão comunista”.

  2. LAM diz:

    Se já antes era, agora é muito mais. Só o voto na CDU e no bloco podem impedir mais 4 anos de governação de direita.

  3. Sérgio diz:

    Eu até votava útil, mas infelizmente não posso.
    Acontece que faço parte a partir de hoje de uma nova força política – a abstenção.
    Não que queira… nada disso, acontece que acabo de receber um SMS da DGS a dizer o seguinte:”Com sintomas de gripe fique em casa e ligue 808 24 24 24 ou contacte o seu médico. Reforce as medidas de higiene. Evite contagiar outros. Consulte http://www.dgs.pt
    Além de à distância me terem diagnosticado gripe, qualquer gripe, não é a A ou B ou C, é mesmo uma gripe qualquer, ainda me dizem a uns poucos dias das eleições para ficar em casa.
    Não vá o diabo tece-las e vou já ligar para a linha saúde 24, tomar o 3º banho do dia e colar na porta de casa um aviso para que ninguém se aproxime. Depois de colar o aviso tomo outro banho.

    Acabo de descobrir que grande parte da população portuguesa está nas mesmas condições! Parece que o vírus da gripe tem especial incidência nos que têm telemóvel.
    Para evitar males maiores, depois de escrever isto vou desfazer-me do meu e em seguida vou tomar banho.

    A pandemia não é de gripe A. É de uma qualquer doença mental.

  4. joão viegas diz:

    Pois,

    Pena que nem o BE nem o PCP tenham jogado esta carta desde o inicio da campanha, quando era obvio que era isso que era preciso fazer. Ja vão tarde para o meu voto (resido no estrangeiro).

    Nas nossas democracias decadentes, muitos governos foram eleitos, ou vencidos, por causa dos professores. Mas nenhum pais se governa com professores, nem ha governo que possa ser credivel se pretende apenas governar para professores…

  5. Mais que divertido, caro. Às urnas, às urnas!

  6. Boa achega para os tais 37% de indecisos, pois claro!

  7. Francisco diz:

    DÁ ME UM SHOT ELEITORAL (http://www.youtube.com/watch?v=dZJVycBwqC0)

    UNIDADE POPULAR! FIM AO DOMÍNIO DAS VELHAS ELITES DECADENTES!

    acordem pá vida q isto n vai ser pa meninos

  8. Francisco diz:

    DÁ ME UM SHOT ELEITORAL
    http://www.youtube.com/watch?v=dZJVycBwqC0

    UNIDADE POPULAR! FIM AO DOMÍNIO DAS VELHAS ELITES DECADENTES!

    Isto n vai ser pa meninos

  9. mt diz:

    super a sua prece.
    indecisos levantem-se!

Os comentários estão fechados.