A segunda infância de Maquiavel?

O professor Marcelo, catedrático de conspirações, cabalas e outros imbróglios retorcidos, converteu-se à simplicidade infantil e decidiu que todo o caso das pseudo-escutas foi afinal um mero “equívoco”: o assessor maroto revelou iniciativa a mais e Cavaco deveria puxar-lhe as orelhas. Isto só não é o cúmulo do ridículo porque o pior estava ainda para vir: o PR resolveu seguir o douto conselho, na esperança de que a ridícula patranha pegue mesmo.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

Uma resposta a A segunda infância de Maquiavel?

  1. António Figueira diz:

    E eis como, ao fim de tantos anos de bons e leais serviços, Fernando Lima perde o emprego.

Os comentários estão fechados.