Um descabelado amor pela verdade,

ou de como o espírito do mandante parece já ter contaminado a mandatária: a ler aqui.

Sobre António Figueira

SEXTA | António Figueira
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

4 Respostas a Um descabelado amor pela verdade,

  1. Se se quiserem divertir um pouco com este Governo…

    http://osespinhosdarosa.blogspot.com/ (http://osespinhosdarosa.blogspot.com/)

    (não é como fazer jogging na Praça Vermelha de Moscovo, mas também é bom…)

  2. Carlos Vidal diz:

    Fantástico.
    E, se calhar, platonista; pois Patrocínio já era eleitora antes de o ser – ora, de modo platonista, ela viveu muito antes desta Patrocínio que é hoje. Sendo que hoje ela é uma reminiscência de uma eleitora compenetrada do passado ainda recente.

  3. carlos graça diz:

    Trata-se, evidentemente, de uma questão metafísica…

  4. Pingback: cinco dias » Carolina, um Alto Patrocínio

Os comentários estão fechados