A ler, sem falta (como que uma vacina contra Pacheco Pereira)


RAOUL HAUSMANN. “Tatlin na sua casa”. 1920.

O impasse reaccionário, por Rick Dangerous no Spectrum.

Sobre a mitomania apocalíptica ridícula e a ignorância do autoproclamado “historiador do comunismo” chamado Pacheco Pereira (historiador de quê??).

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

Uma resposta a A ler, sem falta (como que uma vacina contra Pacheco Pereira)

  1. almajecta diz:

    Já no lançamento do Portugal dos Pequeninos me tinha parecido, mas fiquei calado, hoje confirmo, parece-me um tudo nada pusilânime.
    E os Du Cumentos? E as Brochuras? E aquele espírito de coleccionador? Outro com a mania das grandes laudas.
    Até já foi critico de arte, vê lá tu.

Os comentários estão fechados.