Pois é, pois é, é mesmo


(ANDREAS GURSKY)

J. Sócrates para Francisco Louçã:

«Você é fã? Mas eu não o vi naquela vigília: “Queremos Manuela de volta!” Isto ouve-se?»

Não sei se se ouve. O que é que o leitor acha?

(ADENDA, 2:15: Parece-me que o aristóteles do “arrastão” está muito escandalizado com a captação e divulgação desta conversa…)

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

14 respostas a Pois é, pois é, é mesmo

  1. Carlos diz:

    quanto ao aristóteles sao formas que ele encontra de sublimar a forma circense com que gosta de abandalhar as instituicoes.

  2. Carlos Vidal diz:

    O leitor Carlos alertou-me para uma foto inicial aqui colocada indevidamente atribuída a Gursky. Agora sim, Andreas Gursky.

    Entretanto, o leitor Carlos não percebeu o emprego da Jenny Holzer no post em baixo, sobre a relação Sócrates e a poesia. É simples e básico: protejam a poesia de José Sócrates. É só, mais nada, e nem sequer é imaginativo da minha parte.

  3. Carlos diz:

    ta melhor. aliás a foto e apropriadíssima. eu nao linkei para alguns blogues dos meus amigos… o”erro do crítico”. aliás nem fiz um print screen 😉

  4. Carlos diz:

    gostei, nao é tao estalinista como diziam.

  5. Corvo diz:

    Desculpe sr. Carlos Vidal mas que relevância tem este assunto.

    Parece que o comentário politico, quer fazer concorrência ao programa dos Gatos Fedorento.

  6. Carlos Vidal diz:

    Muito bom, o seu primeiro comentário, Carlos, o da sublimação (porque realmente os títulos inventados nos posts do “arrastão” são sempre piadas parvas).

    Caro Corvo, acha mesmo?

  7. Pedro diz:

    “abandalhar as instituições”? ui, ui… LOL Carlos Vidal, cuidado com as instituições.

  8. Carlos A-M diz:

    Pedro, quem parece, mas só as vezes, ter esse prob é o DO.

  9. portela menos 1 diz:

    qual é mesmo o tema do post?

  10. Nem ui ui nem ai ai.
    Eu não sinto que deva respeitar as instituições, nunca disse sequer que respeitava a democracia representativa parlamentar-capitalista.
    Mas ó ui ui, não reparou que é o daniel Oliveira que as respeita e a medo com elas brinca. Ó ui ui ai ai, você está a falar com quem para o meu lado?
    Claro, com quem você nunca leu.

  11. J. Mateus diz:

    Nunca o Sousa falou tão claro. Pristino e límpido.
    As palavrinahs finais à entrevistadora também valem por muitos decretos.

  12. Esse post do aristóteles é simplesmente ridículo, próprio de quem não acerta uma.

  13. Carlos Vidal diz:

    portela menos 1,
    os posts têm de ter tema?
    Sim?
    Então, o tema do post é o Verão.

  14. almajecta diz:

    Então, ainda na fase infantil da revolta e afirmação contra as instituições? Cá pra mim não me interessa nada o tema do post, basta-me o boneco, a média geométrica as estatísticas e as sacanices do primeiro.

Os comentários estão fechados.