Os lulus nervosos

Os Bóbis de serviço desatam a ladrar graçolas a cada novo indício que vem à baila a propósito do caso Freeport. Não sei se trata apenas de reflexo pavloviano a querer agradar à matilha tosquiada ou de algo mais complicado. Se calhar, eles desejam rir (em vez de argumentar) para esconjurar o medo de que tudo aquilo possa, afinal, ser verdade. Isto poderia também ser uma boa explicação para o silenciamento do circo Moura Guedes: alguém que quer muito agradar ao chefe intuiu que aquela malta na TVI – histriónica, vulgar, berrante e cheia de trejeitos – poderia, ao fim e ao cabo, estar mesmo quase a ligar, com provas, o quase-engenheiro ao lodaçal imundo do tal shopping de arrabalde.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

Uma resposta a Os lulus nervosos

Os comentários estão fechados.