Jerónimo – Sócrates (II)

Parabéns ao primeiro ministro e a quem idealizou a táctica de aparentar respeito e afinidades, por quem já se insultou e sempre procurou ridicularizar.
Quem não se recorda das insinuações e calúnias sobre o comportamento do PCP nas manifestações de professores? Quem não se recorda do que Sócrates disse sobre os acontecimentos no 1º de Maio deste ano? Quem não se recorda da forma deseducada como o primeiro ministro sempre se referiu à bancada do PCP na Assembleia da República?

Recordemos a intervenção de Jerónimo de Sousa em que anuncia a apresentação de uma Moção de Censura e as respostas de Sócrates:

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

2 respostas a Jerónimo – Sócrates (II)

  1. LAM diz:

    Muito bem, tudo razões que acrescem à notada falta de atitude, firmeza de ideais e convicção das intervenções de Jerónimo de Sousa nesse debate.
    Quando, e legitimamente, reclamam das poucas possibilidades de intervenção em orgãos de comunicação social, foi leviana a forma como o PCP, como colectivo, preparou o confronto com o 1º ministro de um governo de direita.

  2. Tiago Mota Saraiva diz:

    Preso por ter cão e preso por não ter…
    De sectário, ortodoxo e duro passa a não ter atitude, firmeza de ideais e convicção. Quão vã é a análise política!

Os comentários estão fechados.