Costa Pereira

Carlos, o Sr. Costa Pereira foi um extraordinário guarda-redes do Benfica e da selecção nacional. Nascido em Moçambique (o que na altura não preocupava as Martas de então), de raiz operária (o que na altura não preocupava os Migueis de então), Costa Pereira é um símbolo do Benfica pela sua verticalidade. Sobre ele o grande Aurélio Márcio dizia ser “o protótipo da elegância, fino nos movimentos, surpreendente na destreza”.
Por favor não o confundas com outros que nunca terão a sua grandeza e, sobretudo, a sua verticalidade.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

2 respostas a Costa Pereira

  1. Carlos Vidal diz:

    Toda a razão Tiago. Peço desculpa ao único Costa Pereira que deve/tem de ser mencionado.

    Só que… como chamar então à desgraçada e deprimente peça que também coincide nesses dois “pontos”?

    Já tentei Rogério da Costa e achei bom de mais; o nome completo nem pensar!; Costa Pereira foi coisa provisória; mas, no fundo, o assunto e o que está em causa é deveras deprimente. É que aquilo deprime mesmo.

  2. Conheci-o pessoalmente (e falámos muitas vezes), já depois de ele ter deixado os relvados.
    Era gente como é raro encontrar-se hoje em dia. A “nação benfiquista” – e eu sou sportinguista…- deveria orgulhar-se mais dele e lembrá-lo. Bem precisa, penso.

Os comentários estão fechados.