O log de weblog

Há um lado diarístico evidente nos nossos blogues. Mas que tal pudesse ser útil só agora me dei conta. Exemplo: já nem me recordava do episódio que deu origem a este post. Serviu-me o Google de substituto fortuito da memória.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

2 respostas a O log de weblog

  1. Serviu-se do Google… uma clara rendição ao capitalismo americano.

  2. Luis Rainha diz:

    Mas com o seu quê de soviético, camarada. Não esqueças o Sergey Bryn.

Os comentários estão fechados.