Dinamarca

 O 11 contra a Dinamarca será: 

Baseio-me no trabalho consolidado por Carlos Queiroz e não nas minhas opções puras (ainda ia buscar o Baía). A mitificada  impossibilidade de Liedson jogar em 4-3-3 poderá levar a que Queiroz opte por um esquema táctico semelhante ao que actou contra o Liechenstein (um 4–4-2 losango com Eduardo, Bosingwa, Ricardo Carvalho, Bruno Alves, Duda, Pepe, Raul Meires, Tiago, Deco, Simão e Hugo Almeida), nesse caso a questão que se coloca é  o que fazer a Ronaldo. O mais provável que Simão saia do 11 (jogou nas costas de Hugo Almeida à Saviola) em favor de uma dupla ofensiva móvel constituída por Liedson (mais na área) e Ronaldo (mais solto em busca dos flancos). 

  No 4-3-3 :                  

                              Eduardo

Bosingwa  R. Carvalho  Bruno Alves  Duda

                                   Pepe

                                       Raúl Meireles  

                         Deco

Ronaldo                                            Simão

                             Liedson

 

No 4-4-2

                           Eduardo

Bosingwa   R. Carvalho   Bruno Alves   Duda

                                 Pepe

       Tiago                                   Raúl Meireles

                                Deco

                      Liedson     Ronaldo 

 Aceitam-se apostas.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

6 Responses to Dinamarca

Os comentários estão fechados.