Alguém ajude a senhora

Marta Rebelo continua na sua cruzada pela pureza identitária e étnica da selecção nacional de futebol: «formarei, se preciso for, um grupo de reflexão e expulsão de Carlos Queiroz». Alguém com tanto amor à Pátria podia começar por respeitar a sua Língua. Sem entrar nos complexos meandros da estilística, só um reparo: “Húngaros” leva mesmo acento, ao contrário de “Liedson“.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

11 Responses to Alguém ajude a senhora

Os comentários estão fechados.