Rostos e formas da especulação em Vila Franca de Xira

Mais uma notícia que dá conta da adjudicação da decisão sobre o futuro de uma parte do património público à Parque Expo SA. Desta feita a Câmara de Vila Franca de Xira solicita um “estudo de ocupação dos cerca de 12 hectares da antiga Escola de Tecnologias Navais que o Estado-Maior da Armada (EMA)” o que costuma ser a primeira fase de um rápido processo de venda e especulação imobiliária – especialidade da Parque Expo.
Mas este não será o único território em Vila Franca de Xira que está sob ameaça. Nos últimos meses um grupo de cidadãos tem procurado chamar a atenção para o estado da Quinta Municipal de Subserra (património municipal desde 1980), que a CMVFX tem deixado ao abandono.
Os cidadãos temem que o estado de abandono e os nebulosos projectos anunciados pela câmara municipal sejam uma forma encapuçada de cedência de património público à especulação imobiliária.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

3 respostas a Rostos e formas da especulação em Vila Franca de Xira

  1. José Seabra diz:

    Tendo em conta o passado recente desde que o PS está na CMVFX, não é de admirar.
    Já se esqueceram dos terrenos (municipais) destinados ao parque de feiras e exposições que foram cedidos ao FC de Alverca para a construção do Centro de Estágios?????

  2. ahpoise diz:

    Antes o PS que certos partidos com ideias que nem na URSS vingaram… mas deixemo-nos de partidarismos e pensem objectivamente acerca do custo de oportunidade das decisoes que se tomam. Os recursos sao escassos ha que usá-los adequadamente… neste país cada cabeça é uma sentença… pena essas cabeças nao terem ouvidos quando se fala em trabalhar…

  3. Vilafranquense diz:

    Mas o PS tem ideias para Vila Franca de Xira?
    Se tem, não parece! Há 12 anos que o executivo é PS e as coisas só tem piorado. 12!!! Já era tempo para mostra trabalho e não o autêntico quadro de miséria em que o concelho se transformou graças à Luz Rosinha e à corja que a rodeia.
    A notícia denunciada só espanta quem não não quer.
    Mas o campo do miserabelismo é mais vasto. Na acção social, o abandono do que começou a ser bem feito (veja-se notícias sobre os bairros sociais com aumento da criminalidade, da marginalidade e com o abandono da autarquia de espaços como o Centro Comunitário de Arcena). No campo da cultura: O que se passou em 12 anos para além do museo do neo-realismo? A cultura em VFX resume-se ao que faz um museu recém criado? E cada vez com menos frequência? No campo da saúde: O hospital? 12 anos não foram suficientes? Ainda por cima quase sempre com o governo também socialista? Não será antes incompetência??? O Centro de Saúde em Vila Franca de Xira? Não não é caso. É vergonha! O apoio às colectividades que fazem mais que a autarquia? Promessas que nunca se cumprem deixando inúmeras vezes a palavra à porta e deixando as colectividades e os seus dirigentes muitas vezes comprometidos.
    Não chega fazer obras de fachada como calçadão de Vila Franca que ainda por cima terá segundas intenções! Ou a deslocalização dos serviços da Câmara para um Centro Comercial abandonado e que é propriedade de uma conhecida empresa de construção civil que passa por reconhecidas dificuldades. Será antes para salvar essa empresa? Ou para pagar os contributos que em tempos lhe (ao PS de Rosinha) foram concedidos?
    Bom, já vai longo mas havia muito mais para escrever.
    Tenho por certo que o PS vencerá ainda desta vez mas não com maioria. E essa já será uma derrota!

Os comentários estão fechados.