Afinal, a montanha vai mesmo parir um ratito

De acordo com um dos entusiastas da coisa, o programa do PSD «é normalíssimo». Haveria pior qualificativo para a obra? Quem é que precisa de receitas normais neste país e neste momento? E que raios será «um programa à escala dos eleitores»? Promete títulos para o Benfica e o quilo de percebes a dois euros? Se nem os apaniguados encontram elogio mais vibrante, teme-se mesmo o pior.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

9 Responses to Afinal, a montanha vai mesmo parir um ratito

Os comentários estão fechados.