Um destes dias, ainda começo a gostar do Santana Lopes

Pedro Rolo Duarte, o ex-inimigo-jurado da blogolândia e actual industrial da coisa, resolveu atacar Santana Lopes, usando João Gonçalves como pretexto. De entre os viçosos argumentos escolhidos, permito-me destacar um: as «noitadas nas discotecas enquanto devia governar». Acho que o PRD entendeu mal a expressão “governo-sombra” – ela não significa desatar a governar mal o Sol se põe. E acho que não faz ideia do que significa “vida privada”. Só não me parece totalmente ignóbil usar como argumento político a forma como alguém gasta o seu tempo livre porque logo de seguida PRD puxa de uma alusão ainda piorzinha: as «experiências da brasileira Christiane Torloni no Porto». Se a isto juntarmos a crítica ao «uso da língua portuguesa que faz no seu blog», resulta uma mixórdia de insinuações, ataques desfocados e necedades avulsas.
Mas o melhor ficou para os comentários. O próprio Santana tratou de ali irromper e dar troco ao corajoso crítico. Com uma estocada letal: «O que vale é que mudará de opinião pouco tempo depois das eleições, se eu as ganhar, como espero. Já assim foi da outra vez…»
A resposta de PRD é daqueles momentos que radiografa uma alma. O homem fadado a exemplificar «a negligência, a ignorância e o passado» transmigrou-se logo num respeitável «dr . Santana Lopes», tratando  PRD de confessar que «Gostei e gosto do blog do Dr. Santana Lopes, embora do ponto de vista do português seja de duvidosa qualidade» (o que é em si duvidoso e fica por demonstrar, até porque nem ali anda qualquer link para o mesmo). Por fim, lança-se num confuso e penoso auto-panegírico («Eu sempre dependi só de mim e do meu trabalho – talvez por isso, tenha estado os últimos anos arredado da imprensa») que só torna o episódio ainda mais deprimente.
Com inimigos assim, Santana nem precisa de amigos.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

6 respostas a Um destes dias, ainda começo a gostar do Santana Lopes

  1. Da-se diz:

    Esse Rolo é mesmo o fim da picada.
    Eu até acho que ele devia mudar o R para T, que só assim ficava certo, da-se!

  2. j diz:

    “Quem é Pedro Rolo Duarte?”

    É que naqueles jornais e revistas das fofoquices acho que li uma vez que é um senhor que namora uma jovem muito bonita, alta e espadaúda. E que também é deputada.

    Será que estamos a falar da mesma pessoa?
    Ou é apenas um senhor que escreve por aí num jornal?

    Estou curioso!

    Nota:
    Que me desculpe o verdadeiro Pedro Rolo Duarte se estou por aqui a fazer alguma confusão tonta.

    Já agora…
    E o assunto era sobre Pedro Miguel (de) Santana Lopes?
    E este senhor tem um blog! Não sabia!
    É que estou meio baralhado com tanta coisa interessante que se escreve por estes lados.

  3. ezequiel diz:

    o nuno no jantar dos totós

    tu começas a gostar do porteiro da capital

    silly season, indeed.

  4. Pingback: cinco dias » O bicharoco e a sua colecção de merda

  5. Pingback: wazzup » Blog Archive » O bicharoco e a sua colecção de merda

  6. Pingback: wazzup » Blog Archive » O bicharoco e a sua colecção de merda

Os comentários estão fechados.