nós por cá é mais cantando & rindo

doomtime1AlexLucas

Enquanto, por cá, Madame la Marquise e o seu magistério dito público e restante judicatura, embrulhados entre as suas becas, papéis e procedimentos, acompanhados da de-putação da república que lhes serve as leis, nada têm para mostrar de resultados, seja de operações “furacão” a outras sonâncias, BPN’s, BPP’s e quejandos, nos Estados Unidos, com o terramoto financeiro global ainda a ecoar, vão-se sucedendo processos-crime findos, com condução de arguidos a tribunal, julgamento feito e sentença passada ou agendada para breve.

Agora foi Eric Butler, broker do Credit-Suisse a ter de responder on behalf of the people. O menos que se pode dizer é que o Juiz Jack Weinstein tenha tido tento no verbo:

The judge asked lawyers for both Butler and the government, when they file sentencing papers, to put Butler’s acts in the context of “how pernicious and pervasive was the culture of corruption, lack of regulation” and “serious negligence in the financial services industry in supervising people like this.”

[imagem de Alex Lucas]

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.