O PS, esse alfobre de livres pensadores

vultos

Os simplexes, como dizem os brasileiros, não se enxergam. Agora, é um Carlos Santos que resolve virar a arguta mirada para o Bloco, em busca de grandes vultos. «Com Louçã como líder, a discordância é delito de opinião. Basta procurar um pensador livre, bloquista, como Daniel Oliveira, nas cúpulas do BE. E continuar a procurar. Não está lá.»
Dando de barato a falta que o Daniel fará ao Bloco, assim como a relevância que este assunto poderá ter para o blogue de propaganda do PS, só gostava de saber onde é que esses pensadores tão livres se escondem na corte do quase-engenheiro. Aqui?

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

3 respostas a O PS, esse alfobre de livres pensadores

  1. Carlos Vidal diz:

    Bom, no site do PS está um texto excepcional com um título esfusiante:
    «José Lello dá “boas novas” aos portugueses».
    Ainda há quem diga que lá, no PS, ou neste pessoal da foto, não há pensamento…
    Há pensamento vibrante e redenção. Ora, ora.

  2. Luis Moreira diz:

    Tive a felicidade de estar em reuniões com três das magnificas mentes aqui retratadas. E digo-vos, pá! não é por acaso que temos a Senhora de Fátima, estas mentes só podem ser milagres.

  3. Há textos que leio às vezes no Simplex (as raras vezes que lá vou, porque sempre há coisas mais úteis para fazer…) que me deixam na dúvida. Para os seus autores será mais
    Vem aí a Manuela Ferreira Leite!
    ou
    Vêm aí os Russos! (na versão troskista, claro)
    ?
    santa paciência.

Os comentários estão fechados.