Dicas para um secretário de Estado convencer a sua desejada

Custou-me trabalho, mas encontrei um livro que teria evitado ao secretário de Estado Paulo Campos muitos dissabores. Um homem munido de um livro avisado que permita uma correspondência sedutora e discreta vale por dois. Recomendo a Cartilha dos Amantes compilada por Julieta Renée para futuras abordagens mais prazenteiras.

Primeira ideia, elegância epistolar:

Exmª Srª Joana Amaral Dias,
Desde que uma feliz casualidade fez com que nos encontrássemos, o vosso semblante jamais se apagou do meu coração e pensamento. E, que feliz que eu era se V. Exª se dignasse a aceitar participar nas listas do PS, e a esse novo amor, autorizado pelo meu padrinho Sócrates, correspondesse com ardor igual. Portanto, se caso como julgo não lhe sou indiferente, nem as eventuais prebendas do Estado e do governo, peço-lhe que me responda, indicando a maneira de nos correspondermos.

De vossa excelência atencioso e obrigado,
Paulo Campos.

Segunda ideia, discrição:

Suponhamos que Paulo Campos enviava a Joana Amaral Dias o seguinte alfabeto:
A-10, B-6, C-18, D-21, E-4, F-23,G-9, H-14, I-5, J-19, L-11, M-1, N-17, O-8, P-22, Q-12, R-15, S-2, T-16, U-7, V-13, X-20, Z-3.

E seguidamente mandava a seguinte carta:
12,7,4,15,5,21,5,17,14,10,

10,2,2,5,1 4 5,1,22,8,2,2,5,13,4,11 18,8,17,16,5,17,7,10,15,1,8,2 10 18,10,15,15,10,18,10 21,8 11,8,7,18,10 17,10,8 17,8,2 11,10,15,9,10 7,1 5,17,2,16,10,17,16,4 4 16, 7 6,4, 1 2,10 6,4,2 12,7,4 21,4,2,2,10 23,8,15,1,10,17,10,8 22,8,21,4,1,8,2 16,15,8,18,10,15 8,2 17,8,2,2,8,2, 22,4,17,2,10,1,4,17,16,8,2 17,4,1 4,7 22,8,2,2,8 21,5,3,4,15,16,4 12,7,10,17,16,8 9,8,2,16,8 21,4 16,5.
22,15,8,18,7,15,10 7,1 1,4,5,8 21,4 23,10,11,10,15,1,8,2 10 2,8,2 2,5,1?

22,10,7,11,8

Tradução:

Queridinha,

Assim é impossível continuarmos. A carraça do Louçã não nos larga um instante e tu bem sabes que, dessa forma, não podemos trocar os nossos pensamentos, nem eu posso dizer o quanto gosto de ti.
Procura um meio de falarmos a sós, sim?

Paulo

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

10 respostas a Dicas para um secretário de Estado convencer a sua desejada

  1. Ana Paula diz:

    Yes… Ganda maluco! 🙂

  2. carlos graça diz:

    também podia ser em morse…

  3. Pascoal diz:

    Que cagada de post.

  4. Todo este caso da JAD é ridículo mas tem uma implicação grave.
    Quanto maior for o nível de agravos entre Louçã e Sócrates menos provável é, aos olhos dos portugueses, uma já improvável solução de esquerda na próxima legislatura.

  5. nuno miguel diz:

    mas a dúvida continua e era bom o sr louçã provar: houve ou não uma tentativa de compra dessa senhora? é que isso é crime e querer encerrrar o assunto agora como o sr louçã quer encerrar só faz dele cumplice. O facto de o ps querer a joana amaral dias para as suas listas é um acto legítimo (contanto que não tenha havido a oferta do tal lugar publico).

  6. LAM diz:

    Fernando Penim Redondo,
    disse “de esquerda” na próxima legislatura?
    Oras, assim como assim prefiro continuar a acreditar nos milagres de Fátima.

  7. Corvo diz:

    Solução de esquerda……

    A solução de esquerda são politicas de esquerda.

    Revogação do Codigo do Trabalho

    Aumento de carga fiscal sobre as grandes fortunas

    Fim do sigilo bancario

    Combate ao trabalho precario e aos recibos verdes

    Fim das parcerias publico privadas nos hospitais públicos

    Maior investimento em obras publicas, mas investimento em obras que possam criar emprego imediato, e não grandes projectos que só criarão emprego a médio prazo.

    Combate eficaz á corrupção.

    ETc ETC ETC

    Tudo medidas que o PS não está disposto a adoptar.

    E isto nada tem a ver , com o filme de serie B , em que o secretário de Estado Paulo Campos , membro do governo Socrates PS, transformou o convite á Joana Amaral Dias, para integrar as listas do PS.

    O Paulo Campos , poderia ter convidado os militantes do Partido Socialista, Osvaldo de Castro, Arons de Carvalho, os deputados que têm defendido no parlamento posições proximas do Alegre, todos militantes do PS, e tirando o Osvaldo de Castro que foi atirado para o sétimo lugar de Setubal ( onde pode não ser eleito), todos os restantes saneados das listas do PS.

  8. i.tavares diz:

    Parafraseando, o título de um post, publicado neste blogue.Basta de “corja”.

  9. LAM diz:

    Não tanto pela questão em si que é mais ou menos irrelevante, mas pelos métodos de seita, o “caso” JAD tem paralelo cada vez mais próximo com as falcatruas do Freeport que desembocam no mesmo protagonista.

  10. Manuel Gama diz:

    guerras de alecrim e manjerona, como dizia a canção, o “Bloco” é uma passagem para a outra margem, como aliás se vai constatando

Os comentários estão fechados.