A corja sem miolos e sem vergonha

Quarta-feira, Paulo Campos asseverava categoricamente a sua inocência absoluta no caso da alegada troca de um cargo estatal por mais um enfeite nas listas do PS: «Nunca convidei a Dra. Joana Amaral Dias para deputada, nem tinha mandato para tal». Que mantinha uns «contactos pessoais» com ela e pronto.
Hoje, tudo é um pouco diferente. A mesma figurinha já mudou a história: «resolvi indagar se ela consideraria a hipótese de ser candidata». Mas o governante quer convencer-nos de que nem sabia o que era o IDT; amanhã talvez já se lembre melhor.
Por outro lado, segundo JAD, os tais contactos resumiam-se a terem-se visto uma vez.
Esta malta está convencida de que o votante engole tudo, desde que seja um senhor engravatado a asseverá-lo. Mesmo que a mentira de anteontem afinal hoje até já seja mais ou menos verdade.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

9 respostas a A corja sem miolos e sem vergonha

  1. Mas para que raio é que um político precisa de saber o que é o IDT? Só se for nomeado presidente do dito.

  2. Diogo diz:

    Bom, se o Paulo Campos asseverou categoricamente e se, entretanto, já mudou, tal apenas significa que é uma criatura que evolui, que não fica parado no tempo, que não é nenhum Neandertal.

  3. Luis Rainha diz:

    Miguel,
    A questão é diferente: aposto que a conversa correu precisamente como a JAD a relatou, o que implica que o senhor estava fartinho de saber o que era o IDT. Ao ritmo presente, deverá admitir isso depois de amanhã.

  4. Bem sei que questão é diferente. O que pretendi dizer é que a um político só lhe interessa saber que é nomeavel para um instituto. Qual? não interessa. Do que trata? Logo se vê.
    Mas já agora onde é que JAD relatou o caso (por curiosidade)?

  5. Peço desculpa mas não fui ao 2º link. considere nula a minha última pergunta.

  6. portela menos um diz:

    fiz um comentário no SIMplex com link deste seu post.
    ao fim de mais de 2 horas concluo que não gostaram … e não o colocaram (um post de RCP).

  7. i.tavares diz:

    A corja,muito bem dito.Mas em minha opinião,também se aplica ao BE.

  8. Luis Rainha diz:

    A bem da verdade, já estive muito mais longe de acreditar nisso. Mas, mesmo assim, acho que nesse campo nada hoje se compara ao PS; salvo o PP, claro.

  9. luis t. diz:

    Não, existe aqui uma confusão! O Campos queria era oferecer à JAD um Audi TDI, e fez confusão com a ordem das letras.

Os comentários estão fechados.