RTP – esse inolvidável instrumento de difusão da cultura portuguesa na diáspora

Continuando no panfleto do Dr. Vitorino (tentar ler sem rir):

Cumprir o acordo de reestruturação financeira da RTP, mantendo um financiamento público de base plurianual, de montante adequado e regular, que permita ao serviço público o cabal cumprimento da sua missão.
Promoverá a articulação entre o serviço público na cultura e o serviço público na comunicação social, valorizando o papel da RTP e da RDP como instrumentos fundamentais de difusão da cultura e da língua portuguesa.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

4 respostas a RTP – esse inolvidável instrumento de difusão da cultura portuguesa na diáspora

  1. Carlos Vidal diz:

    O problema com o dr. Vitorino, não é lê-lo sem rir.
    É lê-lo mesmo.
    Será possível?
    Como se fez e cresceu assim junto de nós uma criatura tão dotada, tão possuída e vocacionada para a gestão da vida colectiva (onde nós não nos integramos, claro).

  2. luis t. diz:

    Não nos integramos na visão victorinica, deste antónio nem do Eichmann português valter victorino de lesmas…

  3. Laser diz:

    Valha-nos o vídeo! 🙂 Parabéns pelo blog!

  4. carlos graça diz:

    serviço público de primeira, disso não restam dúvidas…

Os comentários estão fechados.