Oremos

artemio-bambi

Deve ser feito…Deve ser criado…Deve ser assegurado…Importa prosseguir…Importa acentuar…Importa dar novo impulso…

Incrementar…Continuar…Promover…Reforçar…Melhorar…Desenvolver…Impulsionar…

Valorizar…Continuar…seguir continuando….

Isto que oramos não é retirado de um desses manuais de auto-ajuda e desenvolvimento da motivação pessoal, embora pudesse sê-lo. Trata-se do programa de governo de um partido há onze anos no poder, pela pena do Dr. Vitorino.

Saborear, em particular, a seguinte prece, no capítulo combate à corrupção (itálico vibrato), tendo presente coisas concretas, tais como – estou-me agora a lembrar desta ! –  a recente prorrogação do contrato Liscont/Mota-Engil, mediante dispensa de concurso público:

mais do que a multiplicação de tipos penais do que se trata é reduzir drasticamente as oportunidades para a corrupção no sector público e privado (…) No direito comparado europeu e nos países mais desenvolvidos, há uma clara prevalência dos instrumentos de prevenção, uma vez que só desse modo será possível criar instrumentos de detecção de riscos e de redução de perigos.(…) Nessa linha, para além do reforço dos meios afectos ao combate à corrupção, importa criar nos serviços públicos, nos diversos níveis da Administração (central, regional e local) e nas empresas públicas, códigos de conduta e medidas de prevenção de riscos de corrupção, de modo a reduzir ocasiões e circunstâncias propiciadoras da corrupção.

Amen

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.