Subdirectora de Informação afirma que RTP não discrimina, discriminando

A culpa é dos critérios jornalísticos (eventualmente rigorosamente estabelecidos pelo Ministro Santos Silva):
“Não posso estar a entrevistar todos os candidatos às autarquias do país”, afirmou à Lusa a jornalista Judite de Sousa, argumentando que a escolha é feita “com base em critérios jornalísticos e não políticos”.
Segundo adiantou a subdirectora, a entrevista aos candidatos Pedro Santana Lopes e António Costa justifica-se pelo facto de ambos “terem um perfil político que vai muito além da Câmara de Lisboa” e “porque a disputa política na capital do país estar muito balizada por estas duas personalidades”.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

4 respostas a Subdirectora de Informação afirma que RTP não discrimina, discriminando

  1. Diogo diz:

    Ela não queria dizer balizada. Queria dizer “contentorada” e “tunelizada”.

  2. i.tavares diz:

    Salazar,também dizia,que era preciso respeitar os critérios jornalísticos.

  3. yussuf diz:

    mas que outros candidatos têm esse tipo de perfil? Rui Rio? Acho que sim… Luís Filipe Menezes, que se arrisca a ser o mais votado de todos os autarcas portugueses e que foi líder do PSD? é que apresentou a candidatura na semana passada (visto na sic e na tvi) e na RTP ZERO!

    FASCISTAS!!!

  4. joséjosé diz:

    … fala-se muito nos autarcas que estão muitos anos nas respectivas presidencias!!! E na RTP na classe jornalistica senhor; e na RTP na classe jornalistica senhor !!!

Os comentários estão fechados.