E porque não acordar com o melhor “noise-techno-punk”?

Sempre gostei muito, mesmo muito, dos Suicide. Aqui, em Londres, no Barbican Arts Centre, em 1997: fabuloso “Mr. Ray”!

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

Uma resposta a E porque não acordar com o melhor “noise-techno-punk”?

  1. Faz-me lembrar qualquer coisa dos Doors, L A Woman? Led Zeppelin,; por essas bandas… grandes musicas!

Os comentários estão fechados.