A vida é uma soda

“A Esquerda Radical é Extremista, Reaccionária, Intolerante, Arrogante e até Totalitária, como no caso do PCP.
É uma Esquerda Estúpida, a mais estúpida da Europa, que vive de chavões e de panfletos e de arruceiros. É totalmente incapaz de construir o que quer que seja. Destrói tudo.
Em nenhum país desenvolvido este tipo de esquerda tem expressão.
Os 20% que têm cá é bem sinal do nosso atraso.
Comparar a Esquerda Radical à Direita Xenófoba ? A Esquerda Radical, na sua pseudo superioridade moral, é pior, bem pior !
naotenho@nullmail.com
Chico da Tasca”

O que circulará nas entranhas de Chico da Tasca, para o deixar neste estado? Eu acho que é soda cáustica – é isso, soda cáustica na canalização. Ele chega aqui, todo sodido, e diz coisas tremendas, mas eu pergunto-me: para quê? Para convencer alguém? Parece difícil. Simplesmente para desabafar num ombro amigo? É possível – mas repare-se no pormenor fascinante do mail de Chico da Tasca: “não tenho”, como que a dizer, “escusam de me responder”, “é toca e foge, passa ao outro e não ao mesmo”, um número que eu já não via desde o ciclo preparatório, chiquinhos de trombas, a olhar para o lado e a bufar de irritação, braços cruzados à frente do peito, o pézito a bater de impaciência. E a pachorra, senhores, a pachorra! – ele vem cá todos os dias (mesmo quando o Paulo Ribeiro não está) apenas para designar o mal, apontá-lo, repetidamente, mesmo esbarrando na certeza da nossa incompreensão e da nossa incurável estupidez. Alguém já escreveu que, na blogosfera, somos todos condutores mexicanos, que nos picamos com demasiada facilidade e estamos dispostos a discutir e a insultar por muito pouco ou quase nada. Como o carro, a net parece um estranho espelho de feira, que distorce as nossas personalidades e transforma cidadãos pacíficos em monstros assustadores, os olhos a raiar de sangue, “agarrem-me senão eu mato-o”, que “eu dou cabo dele”. Se o 5dias tivesse uma redacção, um local, eu tremo só de pensar nas esperas que o Chico da Tasca nos faria! – e no entanto eu sei, eu tenho a íntima porém segura convicção de que, blogues à parte, o Chico é um bom pai de família, cidadão exemplar, contribuinte mais ou menos, eleitor de algum dos partidos “do arco da governação”; somos nós que o deixamos neste estado, mas ele não pode passar sem nós. O que fazer? Oh, temo bem que nada, os blogues são assim mesmo, a vida é que é uma soda.

Sobre António Figueira

SEXTA | António Figueira
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

9 respostas a A vida é uma soda

  1. Antónimo diz:

    Eu gosto do Chico da Tasca. É mal-criado, intolerante, extremista, só diz asneiras, mas pudemos chamar-lhe tudo isso de volta que não se arma em donzela ofendida. Dá e leva.

  2. portela menos um diz:

    no fundo, no fundo, o Chico até gosta deste país; não há notícia de se ter tornado, sei lá, Sueco, Inglês, Espanhol…!

  3. António Figueira diz:

    Touché: o Chico não se arma em donzela ofendida, nem acha que é espanhol (aaargghhh, tipo Carlos Vidal) ou europeu, razões mais do que suficientes para passar da incompreensão à pré-simpatia, eppur a questão, a grande questão subsiste: e o que fizemos nós para merecê-lo? (e vice-versa, claro).

  4. LAM diz:

    Respeito pelo Chico da Tasca. O Chico da Tasca foi,como alguém já denunciou aqui, sodomizado por uma célula inteira da Lisnave logo após o 25A. Foi ao que consta uma experiência traumática. Haja compreensão e facultem se possível o nº do telemóvel do Dr. Strecht.
    Chico, força nisso.

  5. Chico da Tasca diz:

    António Figueira : não contrariaste uma unica das minhas afirmações, e sabes porquê ? Porque são Verdadeiras, e tu sabes disso !

    Diz-me : em quantos regimes Totalitários da tal Esquerda é que há manifs anti-governo, esperas a governantes , Greves, Direitos, Eleições, Multi-Partidarismo, Liberdade de Expressão, e tudo o que caracteriza uma verdadeira Democracia ?

    Diz-me : quantas palavras , tu e o teus comparsas deste blogue, teceram sobre Tianamen, que como sabes, foi uma manifestação de indignação pró-democrática, esmagada com as botas totalitárias do regime que tu aqui defendes ?

    O problema deste país não são “as politicas de direita” como o papagaio da cassette está sempre a repetir para a carneirada. O problema é a puta da Mentalidade de Esquerda, da tal Esquerda Reaccionária, que vocês meteram na cabeça das pessoas desde o 25, a começar por uma Constituição Marxista mal cozinhada.

    É essa Mentalidade que vai fazer de nós os coitadinhos pedinchões da Europa !

    Vocês deviam de ter vegonha !

  6. socas diz:

    O xico da tasca é um fascista daqueles do antigamente,néscio,com incapacidade de pensar e,logo ver as contradições.P.exº:a destruição feita pela esquerda,suponho que se refere ao tecido industrial/financeiro(desconfio que tou a ser muito exigente para com os neurónios do dito,mas enfim….)e quem fechou as fá bricas foram as jogatanas dos supremos dirigentes europeus dirigidos pelos grandes ‘interesses’.Idem, quanto às sucessivas bolhas e esquemas de Ponzi(tipo da Dª Branca,seu xico da tasca!) pelo lado da pujante inteligentzia cavaquista(Dias Loureiro,Joaquim Coimbra(q anda cansado com esta eleição q tanto ajudou a Drª Ferreira Leite da negociata do CitiBank),dos gajos do BPN,BPP,tudo gente fina que se passaram para o lado da esquerda estúpida e qu’agora andam à moi(àmuá,xico!) com o dinheiro dos tax payers,a subsidiar o roubo descarado destes gajos, q por serem de esquerda, não vão presos.Não é xiquinho?Toma lá amendoins….

  7. Pingback: Aventar, o primeiro blogue totalmente público |

  8. antónimo diz:

    AF, não é pré-simpatia, mas às vezes aparece aí uma gentinha, manifestamente descompensada, que ofende a torto-e-a-direito e quando tem troco desata a berrar “ai que o menino é malcriado, o menino é pequeno-burguês”.

    Prefiro quem ofende e não reivindica da puta as dores ofendida!

  9. DSC diz:

    Por acaso o xico disse em meia dúzia de palavras aquilo que a esquerda radical e extremista mais tenta escamotear. Veja-se o argumento do socas que começa logo a abrir o livro com “é um fascista”. Típico da pesudo-moralidade. E tens razão xico. É bem pior isto porque com o outro extremo toda a gente sabe com que contar e só vai quem quer. Com estes é bem mais perigoso. E digo mais. A tal esquerda que não argumenta mas repete o disco. Se falarmos de emigração somos “racistas”. Se falarmos da palestina somos “sionistas”. Se falarmos nas empresas: “capitalistas” etc.

    Por falar em capitalistas, digam-me uma coisa: Vão ao continente às compras no vosso carrinho de uma empresa familiar, escrevem em blogs em computadores de uma pequena unidade empresarial, lavam a roupa à mão, cozinham com pauzinhos e pinhas, viajam em carroças, e vão levantar o guito que têm depositado num pequeno pote antigo de rebuçadinhos. Certo?

Os comentários estão fechados.